Polícia prende suspeito de cometer crimes sexuais em Tenente Portela

A Polícia Civil deflagrou na tarde desta quarta-feira, 18 de novembro, a operação denominada “Astreia” que visou o combate a exploração sexual e estupro de vulnerável. Um empresário de iniciais de nome J.C.M, de 66 anos, foi preso temporariamente pela Polícia e permanecerá a disposição da justiça no Presídio Estadual de Três Passos.

Segundo a polícia, a investigação durou cerca de oito meses e uma menor de 13 anos foi afastada do convívio com o investigado, sendo acolhida em uma casa de passagem.

De acordo com o Delegado de Polícia de Tenente Portela responsável pelas investigações, Roberto Fagundes Audino, o preso é o principal suspeito de agenciar menores de idade, também de ser o autor de estupro de vulnerável. Conforme a autoridade policial, outras pessoas estão sendo investigadas por estes crimes.

No desenrolar das investigações sobre os crimes sexuais a polícia apurou também que pode ter ocorrido o crime de receptação de mercadoria furtada e apreendeu nesta tarde diversos objetos e equipamentos suspeitos com o objetivo de serem periciados.

Participaram da operação policiais civis de Barra do Guarita, Crissiumal, Miraguaí, Santo Augusto, Tenente Portela e Três Passos.

Astreia: Deusa da justiça , inocência e pureza.

Portela OnLine

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]