Entidades autorizam a entrada de órgãos de fiscalização em suas sedes

Durante uma audiência realizada na última sexta-feira, 15, os representantes  do Clube Recreativo e Cultural Harmonia, Clube Ipiranga, Associação Atlética Banco do Brasil e Sociedade Aquática Barrilense, juntamente com os promotores de Justiça, Rogério Fava Santos e João Pedro Togni, autorizaram uma medida que permite a entrada do Ministério Público, da Brigada Militar, da Polícia Civil, do Conselho Tutelar e de fiscais municipais a qualquer horário em suas sedes, inclusive à noite.

A medida foi proposta em razão da dificuldade em controlar o consumo abusivo de álcool por parte de adolescentes e o tráfico de drogas em torno dos locais. De acordo com o Ministério Público, a recomendação é que as entidades recolham termo de responsabilidade de um adulto responsável pelo título ou pela locação do espaço. 

Ao todo,  desde junho deste ano, três operações integradas de fiscalização foram realizadas em estabelecimentos e casas noturnas de Frederico Westphalen. Na ocasião, os fiscais verificaram licenças de funcionamento, alvarás de proteção e prevenção contra incêndio, além de flagrar menores de idade consumindo bebida alcoólica. 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]