33ª Feira do Livro de FW chega ao fim de seu espetáculo

A 33ª edição da Feira do Livro acabou, mas trouxe como lição que a magia das palavras deve permanecer na vida de cada um que compartilhou algum momento do evento.

A melancólica sexta-feira a noite de chuva, não deixou com que a Feira perdesse seu encanto.

A programação da noite iniciou com um recital de poesias feito pelo grupo Novos Loucos Poetas, coordenado por Danilo André Gregory.

Depois foi a vez de Cláudio Levitan subir ao palco para um bate-papo, que já havia participado de outros bate-papos durante o dia na Feira. Escritor, cantor, poeta e desenhista. Todos esses adjetivos descrevem a extensa carreira do convidado, que contou sobre suas inspirações, histórias de vida, deu conselhos e confortou o público com suas músicas.

O Coral Jovem Em Canto foi a próxima atração da Feira, coordenado por Juliano Maciel. Em sua pré-estreia e apenas 3 meses de ensaio, o grupo será reconhecido, futuramente, como o Coral Municipal. O coral cantou músicas clássicas como Piruetas, de Chico Buarque.

Marcel Lorenci Dimbarre, artista que esteve animando a Feira do Livro desde o seu primeiro dia, fez um show de malabares, caracterizado como uma caveira mexicana.

E para encerrar esta edição da Feira do Livro, a Secretária de Cultura, Sidene Buzatto, entregou a Wilson Ferigollo, patrona da Feira, uma placa de homenagem.

Ferigollo considera que o principal mérito que a feira traz é o incentivo a leitura:

Sobre a oportunidade de ser patrono da edição, Wilson conta quais são as principais responsabilidades e desafios dessa nomeação:

Sidene, emocionada com o encerramento, fala sobre os saldos positivos da feira:

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]