Veículos fabricados a partir de 1988 poderão pagar IPVA no Rio Grande do Sul

O Plano de Recuperação Fiscal do Estado, aprovado pela Assembleia gaúcha e ainda em análise pelo governo Federal, prevê, dentre outras coisas, a cobrança de IPVA para veículos com mais de 20 anos e o fim do desconto para o motorista que não cometer infrações de trânsito. Hoje os veículos com 20 anos ou mais estão isentos do imposto.

 Um dos deputados que alertou sobre este ponto, que vai impactar diretamente na economia da população mais pobre, foi o deputado Juliano Roso (PCdoB). O trabalhador que tiver o seu carro antigo, que não paga imposto, vai ter que começar a pagar e contribuir, claramente para aumentar arrecadação do Estado. Pela regra proposta pelo governo do Estado, pagarão IPVA veículos com até 30 anos, o que pega modelos fabricados de 1988 até o momento. Roso afirmou que seguirá com seu posicionamento contrário a essa medida, porém ainda não está certo que a União vai aceitar o plano proposto pelo governo Sartori e com isso a alteração na data para isenção de IPVA.

Para Roso, ao cortar o desconto do bom motorista no IPVA também se desestimula o trânsito seguro, pois o motorista que agora cuida para não cometer infrações, deixará essa prática de lado.

O deputado concedeu entrevista à Rádio Comunitária na qual abordou o assunto, confira na íntegra:  

 Fonte: Rádio Uirapuru

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]