HDP divulga nota de esclarecimento sobre ocorrência de omissão de socorro

Diante da repercussão da denúncia de omissão de socorro feita por familiares de um paciente, o Hospital Divina Providência divulgou nota de esclarecimento sobre o ocorrido.

Leony da Silva, 53 anos, sofreu um acidente em Ametista do Sul com uma carreta agrícola e foi encaminhado pelo hospital do município ao HDP de Frederico Westphalen. O paciente veio a falecer e os familiares registraram um boletim de ocorrência por omissão de socorro.

Segundo o HDP, o paciente já chegou ao hospital com má condição clínica, sem o acompanhamento de um médico e assistência para casos como esse. O paciente e familiares foram alertados sobre a gravidade do caso e encaminhados a Tenente Portela com uma ambulância. Ao retornar ao HDP devido ao agravamento da situação, o paciente deu entrada na urgência e emergência às 17h40min e foi atendido pelo médico plantonista. Sendo assim, o HDP declara que não houve omissão de socorro.

Será instaurado um inquérito policial para investigar a ocorrência.

Confira, na íntegra, a nota emitida pela assessoria de comunicação do hospital:

“O Hospital Divina Providência vem por meio desta esclarecer o ocorrido no último dia 07/03/2016 com o paciente L.S., oriundo do município de Ametista do Sul, que foi encaminhado pela secretaria de saúde local, para a realização de exame de tomografia na Clínica anexa ao HDP.

De acordo com os responsáveis pela Clínica, o paciente chegou para a realização de exame, em má condição clínica, sem o impreterível acompanhamento de profissional médico e sem cuidados assistenciais preconizados na literatura médica quanto ao atendimento de traumas (imobilização obrigatória, acesso venoso adequado, monitorização, estabilização clínica prévia para transporte).

Alertados sobre a gravidade do caso, durante a realização dos exames, seus acompanhantes buscaram orientação do seu serviço de origem (secretaria de saúde de Ametista), recebendo a indicação de que o paciente deveria ser encaminhando ao Hospital de referência em traumatologia em Tenente Portela. Seguindo esta orientação, a ambulância do Município de Ametista do Sul, conduziu o paciente ao hospital de referencia, mas no trajeto, ao constatar o estado do paciente, o motorista e técnica em enfermagem de Ametista retornam ao Hospital Divina Providência, momento em que o mesmo dá entrada, às 17:40, na urgência e emergência, sendo atendido pelo médico plantonista, com avaliação do médico cirurgião.

O Hospital declara que não houve omissão de socorro ao paciente por parte da equipe médica e todos os seus profissionais.”

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]