Família procura por idoso desaparecido há duas semanas

Augusto Padilha, de 69 anos, de Santa Maria está desaparecido desde o dia 17 de outubro.  Conforme informações de familiares desde que ele saiu da casa onde morava com o neto, no Bairro Itararé, no dia 17 não foi mais visto. Augusto teria ido até a casa de uma neta, um dia antes, para quem entregou uma pasta com alguns documentos. Conforme a filha dele, Fabiane Antunes de Lara, ele teria dito para a neta que iria viajar. Pessoas próximas de Augusto confirmaram que ele teria confirmado que o destino da viagem seria Frederico Westphalen. 

No dia do desaparecimento, o idoso saiu de casa sem dizer ao neto onde ia e não levou nenhum documento ou dinheiro. A família entrou em contato com telefone, mas Padilha não atendeu às ligações. Dois dias depois, as ligações passaram a cair na caixa postal.

A filha também explica que a família foi até a Estação Rodoviária em busca de informações, mas que, como o pai deixou a carteira com toda a documentação em casa, não acredita que ele possa ter embarcado em um ônibus. Diante da preocupação, Fabiane registrou o desaparecimento do idoso na Polícia Civil, mas a família ainda não teve nenhuma informação sobre ele. 

Na última vez que foi visto, na manhã do dia 17 de outubro, o idoso vestia uma calça marrom, uma camisa preta listrada e um tênis preto. Qualquer informação sobre Padilha pode ser repassada pelo telefone (55) 99724-3245, Polícia Civil 3744-4040 ou pelo 190.

Informações: Diário de Santa Maria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]