Programa Escola Interativa é aprovado em sessão Extraordinária da Câmara de FW

Um programa que busca mais conectividade entre professores e alunos e entre escola e as tecnologias, assim pode ser descrito o Programa Escola Interativa, Projeto de Lei (PL) 102 aprovado pela Câmara de Frederico Westphalen, em sessão Extraordinária nesta quinta-feira, 2, juntamente com outras três proposições.
O programa irá atender todas as escolas da rede municipal de ensino e tem dentre seus objetivos disponibilizar notebooks para os professores da rede municipal e também equipar os laboratórios de informática das escolas municipais, com o intuito de auxiliar na gestão administrativa e pedagógica, além de servir como ferramenta de ensino/aprendizagem e inclusão digital com a utilização de tecnologias de informação. Para isso serão adquiridos notebooks para os professores da rede municipal e também para equipar os laboratórios de informática das escolas municipais, com o intuito de auxiliar na gestão administrativa e pedagógica, além de servir como ferramenta de ensino/aprendizagem e inclusão digital com a utilização de tecnologias de informação.
Dentre as justificativas do projeto, está a inclusão digital proporcionando a professores e estudantes o acesso a dispositivos portáteis dotados de aplicativos educacionais e de apoio para o uso pedagógico em sala de aula e fora dela, bem como nos laboratórios de informática, bem como a elaboração de métodos educacionais com o uso de recursos tecnológicos, a disseminação e o uso de tecnologias da informação e comunicação orientadas ao desenvolvimento social, econômico, cultural e tecnológico, centrado nas pessoas.
– É uma excelente iniciativa, aproximar as escolas da tecnologia, mas deixo aqui a ressalva de que para esses equipamentos cumprirem com sua função é preciso estar disponível internet nas escolas, nas salas de aula, também fornecer aos alunos aparelhos com acesso à internet e por fim, mas não menos importante, disponibilizar uma equipe para treinamento dos professores e alunos, para que estes possam utilizar as melhores tecnologias e ferramentas disponíveis, sei que a equipe da educação já deve estar pensando nisso–, considerou o presidente da Câmara, vereador Jorge Alan Souza durante sua manifestação.
Mais recursos para a educação
Outra proposição da Secretaria da Educação também foi votada e aprovada na Câmara, o (PL 101) visa à aquisição de material para o Projeto arte, educação e cidadania da Escola Municipal de Ensino Fundamental Maria Falcon – R$ 90 mil; já R$ 460 mil são para o desenvolvimento do projeto estimulação e interação da educação infantil; R$ 40 mil serão destinados à aquisição de placas para identificação das escolas da rede municipal e R$ 635 mil para obras de cercamento das escolas e quadras de esportes. Ainda haverá a destinação de R$ 178 mil para a equipe multidisciplinar da Secretaria da educação, com aquisição de um veículo e melhorias no espaço de atendimento da equipe.
Outros projetos aprovados
Também foram votados o PL 98 que prevê o repasse de R$ 20 mil para a Associação de Deficientes Físicos de Frederico Westphalen e outros R$ 20 mil para o Lar dos Idosos São Vicente de Paulo, recursos que foram devolvidos do legislativo ao executivo para ser destinado às entidades assistências e o PL 103 que autoriza mais 2% de créditos adicionais para o uso do executivo. Em reunião o executivo argumentou que esse valor seria para complementar a folha de pagamento, após muita discussão, a proposição foi aprovada pelos oito edis presentes na sessão.
– É mais um voto de confiança que estamos dando ao executivo, tivemos uma conversa e em relação aos dois por cento, quero dar os parabéns aos colegas vereadores, porque salvamos o executivo mais uma vez. Pois, se houve um erro de cálculo na Lei Orçamentária (LOA), nós vamos resolver, para pagar as contas e o 13° dos servidores. Mais uma vez estamos fazendo tudo para que o executivo desempenhe seu trabalho e seu plano de governo, agora se não fizerem, vamos cobrar. Estaremos atentos a LOA que será votada semana que vem – finalizou o presidente da casa, Jorge Alan Souza, antes de convocar os vereadores para a votação da proposta.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]