Escolas de FW e região estão parcialmente paralisadas

Após a reunião entre o Cpers Sindicato e os representantes do governo do Rio Grande do Sul na última segunda-feira, 29, esta quinta-feira, 2, está sendo marcada por paralisações em escolas de todo o Estado. Salário em dia, reposição das perdas inflacionárias desde 2014 – somando 28,78% – e concurso público para professores(as) e funcionários(as) de escola foram as reivindicações apresentadas e debatidas com o governador Eduardo Leite. 

A categoria realiza paralisação nas escolas estaduais nesta quinta-feira, em protesto pelo descaso com a educação e para fortalecer a negociação com o governo. O movimento foi aprovado em Assembleia Geral da categoria e os(as) educadores(as) devem parar no primeiro dia útil de cada mês com salários atrasados ou parcelados, 

Em Frederico Westphalen, conforme informações da direção do 26° Núcleo do Cpers, as escolas não estão 100% paralisadas. Alguns professores não aderiram a paralisação. Ainda segundo informações, escolas como Sepé Tiarajú e José Cañellas estão com grande parte dos professores paralisados. 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]