Caminhoneiros protestam na BR 386 em Seberi, transito é restrito apenas para veículos de carga

A associação de Caminhoneiros da Região do Médio e Alto Uruguai está realizando uma manifestação no km 50,5 da BR-386, em Seberi, onde estão bloqueando o trânsito para caminhões. No local não há barreira e o fluxo do trânsito é normal para carros, ônibus e motocicletas, a passagem é proibida apenas para caminhões, que aguardam no acostamento da rodovia.  A categoria promete fazer greve devido o aumento no preço do combustível, que vem dificultando o trabalho dos caminhoneiros.

Conforme a PRF de Seberi, o movimento iniciou ontem, domingo, onde a rodovia já havia ficado parcialmente interrompida, e nesta madrugada por volta das 5h15min os caminhoneiros voltaram a rodovia. Ao meio dia o transito será liberado para veículos de carga, voltando a ficar restrito ás 15h permanecendo até as 18h.

As principais reivindicações dos manifestantes é a diminuição do preço do combustível e pedágios.  Além disso, afirmam que o baixo valor dos fretes pagos aos caminhoneiros resulta na inviabilização do trabalho dos caminhoneiros.  Segundo a categoria, alguns pedágios aumentaram 16.7 % para caminhões, enquanto para carros aumentou 5%.  Além disso, afirmam que o diesel consome 70% do valor do frete.

Segundo informações da PRF, os bloqueios ocorreram na BR 472, em Boa Vista do Buricá; na BR 285, em Ijuí; na BR 392, em Pelotas e São Sepé, e na BR 386 em Seberi. O maior transtorno foi registrado em Pelotas, onde os policiais rodoviários encontraram seis quilômetros de congestionamento.

Além de se manifestar contra o aumento de combustíveis, os caminhoneiros também reivindicam melhorias nas estradas e a criação de uma tabela com preços fixos a serem cobrados pelo frete por quilômetro rodado, não mais por viagem. Os motoristas, com apoio de outros segmentos, como agricultores e entidades de classe, distribuíram panfletos aos motoristas.

Jornal Folha do Noroeste/Rádio Comunitária

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]