Sindicato dos Correios estima que 70% dos trabalhadores do setor operacional estejam em greve no RS

O Sindicato dos Correios do Rio Grande do Sul estima que 70% dos trabalhadores do setor operacional tenham aderido à greve da categoria, deflagrada na noite de terça-feira. O setor contempla carteiros, atendentes e operadores de triagem e transbordo.

Já a direção dos Correios afirmou em nota, na noite desta quarta-feira, que a greve ainda não afetou os serviços postais, financeiros e de conveniência prestados nos mais de 12 mil pontos de atendimento espalhados pelo País. A diretoria da empresa classificou a iniciativa dos empregados da estatal de “paralisação parcial”.

A rede de atendimento está aberta em todo o país e os serviços, inclusive SEDEX e PAC, continuam sendo postados e entregues em todos os municípios. Os serviços com hora marcada (Sedex 10, Sedex 12, Sedex Hoje) estão com postagens temporariamente suspensas.

No Estado, o Instituto Geral de Perícias (IGP) comunicou que a solicitação da chamada Carteira Expressa, que prevê a entrega agilizada do documento de identidade, está suspensa. A única exceção é Porto Alegre, que segue emitindo os documentos normalmente.

 

Fonte: Rádio Guaíba 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]