Segurados do INSS têm até o dia 28 deste mês para realizar prova de vida

Em todo país, três milhões de pessoas correm o risco de ter a aposentadoria suspensa por ainda não terem feito a comprovação de vida. No fim do ano passado, isso aconteceu até mesmo com o presidente da República. Michel Temer é servidor aposentado do estado de São Paulo. E é na região sudeste onde está metade dos segurados que ainda não realizaram o procedimento.

Trinta e dois milhões já fizeram o procedimento. Funciona assim: o segurado deve ir à agência bancária onde recebe o benefício. Lá apresenta um documento de identificação com foto, pode ser carteira de identidade, de trabalho ou habilitação e pronto: a comprovação de vida está feita. Não há necessidade de ir até uma Agência da Previdência Social.

O procedimento é obrigatório e segundo o INSS, evita pagamentos indevidos de benefícios e fraudes. Se o aposentado não puder ir até a agência bancária por motivo de doença ou por problemas de locomoção, o procedimento poderá ser realizado por procurador devidamente cadastrado no INSS ou representante legal.

EBC

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]