Proprietários de terrenos baldios de FW que não realizarem limpeza serão multados

Em reunião realizada na manhã desta segunda-feira, 7, no Ministério Público de Frederico Westphalen, representantes do Poder Executivo, Hospital Divina Providência (HDP), 19ª Coordenadoria de Saúde e Vigilância Sanitária discutiram questões prioritárias e necessárias diante do iminente surto de dengue no município, que já registra 39 casos confirmados.

Entre as assuntos debatidos estiveram o projeto de lei que irá multar proprietários que não efetuarem as devidas limpezas em seus terrenos, além de roçadas e limpezas nas imediações da JBS, na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) da Corsan e das margens dos acessos ao campus da UFSM de FW. Também está sendo programado um mutirão no bairro Fátima, no sábado, 12, às 8 horas, com início no lago do frigorífico, próximo ao Aeroclube. “Qualquer dificuldade encontrada pelas equipes, pelo batalhão de policiamento ambiental, Vigilância Sanitária ou prefeitura, na realização do trabalho de combate a dengue, o Ministério Público sempre será parceiro porque é um caso de saúde pública e o interesse da população prevalece sobre qualquer outro”, afirmou o promotor de Justiça, Rogério Fava Santos.

Nesta terça-feira, 8, às 9 horas, outra reunião será realizada junto às entidades, no Ministério Público, para debater a logística do mutirão.

O Alto Uruguai

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]