HDP e URI realizam ação alusiva ao “Agosto Dourado”

De 1º a 7 de agosto, a Aliança Mundial de Ação Pró-Amamentação (WABA), presente em 120 países promoveu a Semana Mundial do Aleitamento Materno. A campanha, que teve como lema “A amamentação é a base da vida”, foi ampliada no Brasil para todo o mês de agosto. 

No Hospital Divina Providência (HDP), a nutricionista Marinice Boscardin, juntamente com as cinco estagiárias de nutrição clínica da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI) e a nutricionista da instituição Taís Fátima Soder, desenvolveram uma cartilha sobre o aleitamento materno e materiais ilustrativos e, durante todo o mês de agosto, farão visitas orientadas as mães pacientes do hospital.

 O Agosto Dourado simboliza a luta pelo incentivo ao aleitamento materno e uma data que precisa ser lembrada, principalmente pelos benefícios que geram as mães e aos bebês. “O leite materno é o alimento padrão ouro da alimentação dos lactentes, pelos inúmeros benefícios proporcionados a criança a curto e longo prazo, além de todo vínculo afetivo entre a mãe e o bebê”, afirma a nutricionista Marinice.

O convênio entre HDP e URI existe há aproximadamente cinco anos e tem como objetivo contribuir ao máximo às atividades do hospital. A estagiária Cristiane Barbosa Donato comenta que é de suma importância ao estagiário vivenciar as práticas, porque sem ela não é possível saber o que fazer para fora da Universidade. “Sobre a amamentação, por exemplo, sempre temos algo a ensinar as mães, mesmo que elas já tenham tido outras gestações, porque enquanto estudantes estamos sempre buscando atualizações e podemos ter algo novo para apresentar”, reforça.

 A atividade consiste na conversa com as pacientes e entrega de um folder contendo orientações quanto às posições da mamada, como o bebê tem que pegar no peito (abocanhar todo o mamilo) e também informações sobre a alimentação da mãe – que interfere na flora intestinal do bebê provocando futuras alergias alimentares ou intolerâncias a lactose ou glúten. A ação ocorrerá durante todo o mês de agosto e já tem uma resposta positiva por parte das gestantes, que agradecem as explicações e cuidados.

 Agosto Dourado

 A Semana Mundial do Aleitamento Materno tem o objetivo de dar visibilidade e promover informação acerca da importância da amamentação às crianças e mães. Além de alertar sobre a proteção do desenvolvimento infantil, uma vez que o leite materno é o melhor alimento para elas.

O que impulsiona ainda mais a promoção deste dia é o número de mortes de crianças. O relatório da Organização Mundial de Saúde (OMS) e Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), em parceria com o Coletivo Global da Amamentação, lançado no último dia 1º, traz que no Brasil, apenas 38,6% das crianças com até seis meses de idade são alimentadas exclusivamente com leite materno.

 O levantamento apontou ainda que se todas as crianças fossem amamentadas desde o nascimento até os dois anos de idade, pelo menos 800 mil mortes de crianças poderiam ser evitadas em todo mundo anualmente. A nutricionista da URI, Taís Fátima Soder, reafirma a importância da promoção de instruções sobre o aleitamento materno. “Isto é uma questão de promoção da saúde e precisa ser ainda mais reforçada no Agosto Dourado”.

ASCOM – HDP

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]