Governo Sartori parcela salários de servidores

O secretário estadual da Fazenda, Giovani Feltes, explicou na manhã desta sexta-feira o parcelamento dos servidores do funcionalismo público do Rio Grande do Sul. Em coletiva realizada nesta sexta-feira, Feltes, afirmou que os salários referentes ao mês de julho só serão totalmente quitados em 25 de agosto.

Nesta sexta-feira, foram depositados até R$ 2.150 aos servidores. De acordo com o secretário, uma parcela de até R$ 1 mil está programada para 13 de agosto para aqueles que não tiveram pagamento totalizado. Os salários acima de R$ 3.150 serão depositados no dia 25 de agosto. O secretário disse ainda que aqueles servidores que têm duas matrículas receberam R$ 2.150 em cada uma das matrículas.

Feltes lamentou a decisão do governador José Ivo Sartori e disse que – nenhum homem público gostaria de compartilhar a notícia. “Se é duro para os servidores, também é para o governo dar notícias deste tipo, quando deveríamos anunciar investimentos”, disse. Além disso, exaltou o esforço do governo diante das dificuldades. “Não é ‘chororô’, é falta de dinheiro”, disse Feltes sobre a falta de R$ 360 milhões para pagamento da folha. E adiantou: “é óbvio que em agosto devemos enfrentar um volume ainda maior de dificuldades”.

De acordo com Feltes, 52,8% dos servidores receberão integralmente hoje, por ganharem até R$ 2.150. No dia 13, com o pagamento de mais R$ 1 mil, o governo vai quitar os salários de 71% dos servidores.

O secretário justificou a ausência de Sartori afirmando que “o governo é uníssono” e uma comissão formada por vários secretários tem capacidade de responder sobre isso. Feltes destacou que a parcela de agosto da dívida do Estado com a União não deve ser paga. De acordo com assessoria de imprensa do Estado, o governador José Ivo Sartori deverá se manifestar em vídeo nas redes sociais.

Ouça parte da coletiva do Secretário Feltes.

A decisão esta sendo amplamente criticada. Um dos que se manifestou logo após o anuncio de parcelamento, foi o deputado federal Dionilson Marcon (PT).

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]