Estudo inédito expõe a realidade do programa Bolsa Família nos municípios da AMZOP

Na manhã desta quarta-feira, dia 2, o Professor Doutor Lorimar Francisco Munaretto, em entrevista ao Programa Ponto de Vista, apresentou um estudo inédito sobre o Programa Bolsa Família aqui na região.

01Trata-se de “UM ESTUDO SOBRE PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA (PBF): O CASO DOS MUNICÍPIOS QUE INTEGRAM A ASSOCIAÇÃO DOS MUNICÍPIOS DA ZONA DA PRODUÇÃO (AMZOP)”

O estudo teve por objetivo verificar e descrever a situação dos municípios de abrangência da AMZOP, em relação as famílias inscritas no cadastro único para programas sociais do governo federal (CADÚNICO) e beneficiários no recebimento do programa bolsa família (PBF).

Trata-se de um estudo que possui uma abordagem metodológica do tipo quanti-qualitativa e quanto aos objetivos a pesquisa é do tipo descritiva. Os dados primários foram obtidos por meio de entrevistas com os responsáveis do Centro de Referência de Assistência Social dos 42 (quarenta e dois) municípios que integram a AMZOP.

Os resultados indicam que 17,79% dos inscritos no CADÚNICO, possuem renda de até R$ 77,00 por mês, o qual fica dentro de uma faixa de renda definida como de pobreza e extrema pobreza. Em relação ao PBF, os resultados indicam que em 20 municípios sua população apresenta dependência, acima da média nacional de 21,64%. Estes municípios apresentam o número de beneficiários do PBF, que variam entre 21,65% a 32,96% de sua população.

O município de Jaboticaba é o que possui o maior número de famílias dependentes no recebimento do PBF. São 507 famílias. Já o município de Barra Funda é o município que possui apenas 13 famílias.

Ouça a entrevista:

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]