Aprovado projeto de lei que autoriza a compra de 100 mil vacinas em Chapecó

A Câmara de Vereadores de Chapecó aprovou o projeto de lei enviado pelo Poder Executivo que autoriza o município a adquirir até 100 mil doses de vacina contra o Covid-19. O projeto, em segunda votação, na quinta-feira, teve a aprovação dos 21 vereadores e tramitou em caráter de urgência, tendo em vista a necessidade de imunizar a população local e estancar o aumento do número de pessoas contaminadas pelo coronavírus.

Segundo o Poder Executivo, a compra dos imunizantes será efetivada quando houver vacinas disponíveis no mercado. Pelo projeto caberá ao Executivo Municipal escolher a vacina a ser adquirida, bem como a definição dos parâmetros financeiros da compra. Na justificativa do projeto é relatado o esgotamento da capacidade de atendimento aos casos de Covid-19, tanto na rede pública como privada. A Administração Municipal cita o colapso nos atendimentos das estruturas hospitalares, nos serviços de urgência e emergência e na rede de atenção básica, envolvendo profissionais, leitos, equipamentos e insumos básicos, como medicamentos e oxigênio.

O presidente da Câmara, João Marque Rosa, disse que, ao ser encaminhado em caráter de urgência, o projeto foi aprovado em três dias após dar entrada. Inicialmente foi analisado pelas comissões de Justiça, Legislação e Redação Final, além de Saúde e Assistência Social, e Finanças e Orçamento. “As comissões trabalharam de forma muito rápida para que o projeto de lei fosse apreciado em plenário e com isso o Legislativo cumpriu seu papel de agilizar o processo”, observa.

A Administração Municipal de Chapecó informou que foram registradas mais sete mortes em decorrência da Covid-19. Quatro óbitos ocorreram nesta sexta-feira. Com isso, a cidade do Oeste de Santa Catarina contabiliza 395 óbitos atribuídos ao coronavírus.

 

*Correio do Povo 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]