Vereadores participam de reunião de moradores do Distrito Osvaldo Cruz

O presidente Lídio Signori e os vereadores Diogo Duarte e Marcos Cerato Cerutti, participaram na noite dessa segunda-feira, 14, de reunião convocada pelos moradores do Distrito de Osvaldo Cruz, na sede da comunidade.

Durante o encontro que teve a participação de 15 representantes do Distrito de Osvaldo Cruz, entre moradores e empresários, foram colocadas algumas demandas que segundo a comunidade não vêm sendo atendidas pela Administração Municipal.

A primeira reivindicação é relativa à pavimentação da rua marginal a BR 386, passando pela Igreja, residências e estabelecimentos comerciais. A comunidade também solicita melhorias na iluminação pública e no recolhimento de lixo, que segundo os moradores acontece uma vez por semana e em determinados períodos chega a ficar 15 dias sem ser realizado. “Chega a ser engraçado porque o Consórcio (Cigres) fica localizado no Distrito e o caminhão passa por aqui todos os dias”, afirmou um morador.

Conforme ressaltaram os moradores, são demandas básicas em termos de qualidade de vida para uma comunidade que paga seus impostos e que não possui retorno nem mesmo em esgotamento sanitário, pois em algumas residências as fossas sépticas apresentam problemas que foram levados ao conhecimento da Administração, porém permanecem sem solução.

Outro problema relatado diz respeito à limpeza e manutenção das áreas que pertencem ao Poder Público. Os moradores alegam abandono e descaso em relação ao terreno onde fica localizada a unidade de saúde e o entorno do trevo. Os representantes da comunidade reclamam que, mesmo sendo um cartão de visitas do município que atrai cada vez mais investimentos, seja em estabelecimentos comerciais ou moradias, o Distrito de Osvaldo Cruz também não recebe qualquer investimento em termos de embelezamento.

Somado aos problemas no recolhimento de lixo e limpeza das áreas que pertencem ao município – onde os próprios moradores acabam recolhendo os entulhos, há ainda a falta de um trabalho específico em relação ao combate à dengue. Segundo relataram, apesar do grande número de mosquitos Aedes aegypti que são vistos diariamente, a comunidade não recebe a visita dos agentes de combate a endemias e nenhuma ação de recolhimento de entulhos foi realizada.

Ao final do encontro, o vereador Diogo Duarte salientou que algumas dessas demandas e outros pleitos chegaram a ser encaminhados pela Câmara de Vereadores à Administração e o presidente Lídio ratificou que as reivindicações serão transformadas em indicações que estarão na pauta da sessão do próximo dia 22. Signori destacou ainda o fato de ser a primeira reunião com uma comunidade do interior ou um bairro realizado neste ano e salientou que a Câmara de Vereadores está aberta para ir ao encontro da população.

Assessoria de Imprensa Câmara de Vereadores de FW

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]