UFSM divulga nota sobre Coronavírus

A Universidade Federal de Santa Maria emitiu, nesta sexta-feira, 13, uma nota em relação ao coronavírus (COVID-19). Considerando o plano de contingência do Estado, a instituição está desenvolvendo um plano de ações, integrando as orientações do Hospital Universitário de Santa Maria e dos profissionais de saúde da UFSM, que prevê:

1. Manutenção das atividades previstas no calendário acadêmico;

2. Suspensão de viagens (exceto aquelas justificadamente inadiáveis, que deverão ser autorizadas pela chefia imediata e pela Pró-reitoria de Gestão de Pessoas), enquanto perdurar o estado de emergência;

3. Suspensão de reuniões ou eventos com público superior a 100 pessoas;

4. Autorização de atividades laborais e exercícios domiciliares/remotos para servidores e estudantes que retornarem de viagens internacionais, com sintomas associados ao Coronavírus (COVID-19), até o 14o dia a partir da data do seu retorno, conforme estabelecido pelo Ministério da Saúde. Casos comprovadamente suspeitos de COVID-19 (mediante atestado médico), independente de viagem internacional, também serão submetidos ao mesmo regime;

5. Utilização, se necessário, dos ambientes virtuais para as atividades acadêmicas, já regulamentada pela UFSM.

A UFSM também recomendou aos servidores e alunos:

1. Manter ambientes ventilados, com janelas abertas;

2. Evitar sair de casa quando estiver com sintomas respiratórios e, se necessário, utilizar máscara;

3. Quando estiver sem máscara, cobrir a boca e o nariz ao tossir e espirrar. Utilizar lenço e descartá-lo em seguida ou usar a parte interna do braço;

4. Evitar tocar em superfícies desnecessárias;

5. Higienizar frequentemente as mãos com água e sabão ou com álcool gel;

6. Evitar tocar olhos, nariz e boca sem higiene prévia das mãos;

7. Evitar contato físico com pessoas sintomáticas (aperto de mãos, chimarrão, compartilhamento de objetos);

8. Buscar orientação médica, mesmo assintomático, caso tenha viajado para áreas onde circula o vírus ou tenha tido contato com caso suspeito ou confirmado;

 

A instituição também salientou na nota que, preferencialmente, o atendimento deve ser realizado nas unidades básicas de saúde e pronto atendimentos municipais, ficando o HUSM como referência para casos graves.

O Comitê UFSM de Gestão da Crise do COVID-19 está monitorando a comunidade acadêmica e,  segundo a nota, preparado para orientar possíveis casos suspeitos identificados. Além disso, as equipes de limpeza das áreas da Universidade serão orientadas com medidas específicas de higienização.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]