Tricolor procura comandante após acertar saída de Felipão

O tricolor já começou a acelerar a busca por um novo treinador após a saída de Felipão, os dirigentes do clube querem anunciar um novo comandante entre esta segunda e esta terça-feira.
A primeira tentativa já foi feita em cima de Roger Machado. No primeiro contato, a diretoria gremista ouviu uma resposta negativa. O Grêmio está no mercado e a tendência é de que as negociações ganhem uma nova velocidade a partir da chegada da delegação no Ceará, onde na quarta-feira o time enfrentará o Fortaleza. A derrota para o Santos colocou a equipe na 19ª colocação, com 23 pontos conquistados, e já um pouco distante de Sport e Bahia, outros dois adversários que também estão na zona de rebaixamento, mas com 26 pontos cada.

POSSIBILIDADES
Além de Roger, há outros nomes disponíveis no mercado. Um deles é Lisca, até cogitado antes da chegada de Felipão ao Grêmio. Desempregado, Luiz Carlos de Lorenzi esteve recentemente no Vasco da Gama. Lá, na Série B, não conseguiu reproduzir as boas campanhas que fez no passado quando disputou o acesso para a elite. Antes disso, estava no América-MG, time que estava comandando nas primeiras rodadas do Brasileirão deste ano.
Outra possibilidade é Mano Menezes, também sem clube. O treinador conhece o Grêmio e dirigiu a equipe de 2005 a 2007. Esteve na volta à Série A no primeiro ano e quase levou a equipe a um título de Libertadores duas temporadas depois. Recentemente, Mano estava comandando o Al-Nassr desde abril, mas acabou demitido em setembro.
Apesar de não ter sido cogitado, Rogério Ceni é outro nome que está livre no mercado. O campeão brasileiro de 2020 acabou deixando o Flamengo após uma série de maus resultados. A saída de Ceni do Rubro-Negro foi anunciada ainda em julho e desde então o treinador está desempregado.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]