Torcedor passará por revista e não entrará com objetos no Vermelhão da Colina

A Brigada Militar irá adotar procedimento padrão, nos jogos realizados no Vermelhão da Colina, o mesmo já utilizado em toda a primeira divisão do futebol gaúcho.

A informação foi confirmada em reunião na tarde desta quarta-feira, dia 28, entre o comando do 37° Batalhão de Policia Militar, dirigentes do União e a imprensa.

Entre as principais mudanças que serão sentidas pelo torcedor que for ao Vermelhão da Colina este ano esta: a revista pessoal de todos os torcedores, a proibição de entrada com qualquer objeto que possa ser arremessado no campo ou na torcida.

Não será permitido o acesso ao estádio com: Cadeiras, rádios de pilha e armas de fogo ou branca, de qualquer tipo ou espécie, inclusive de policias que não estiverem em serviço; vasilhames; copo de vidro ou qualquer outro tipo de embalagem contendo bebidas de qualquer natureza que, de forma direta ou indireta possam se tornar objetos de arremesso e causar ferimentos sob esforço direto ou generalizado do público.

Materiais contundentes de qualquer tipo, que a julgo dos Policiais possam causar ferimentos também serão barrados. Não entrarão no estádio ainda: fogos de artificio ou sinalizadores; balões em geral; jornais, revistas, ou objetos de papel; latas copos e garrafas; mastros de bandeiras; faixas e panfletos políticos, guarda-chuva de qualquer tipo, Kit chimarrão (cuia, bomba, térmica, etc.) e sinalizadores.

Será expressamente proibida a venda de bebidas alcoólicas no estádio. Pessoas com visíveis sinais de embriaguem serão barradas e não poderão entrar no Vermelhão da Colina.

Outra medida anunciada foi quanto a entrada de torcidas organizadas, as quais devem estar no estádio duas horas antes do inicio do jogo, a fim de que sejam revistados os equipamentos sonoros, faixas e demais mateiras utilizados, bem como evitar o encontro com torcidas rivais.

Conforme o major Alexandre Moreira Pereira comandante do 37°BPM, os procedimentos seguem o padrão adotado em todo o estado e de acordo com o estatuto do torcedor. O efetivo de policiais a serem empregados em jogos no Vermelhão da Colina gira, no mínimo, em 40 brigadianos.

Segundo ele as novas normas são características da Primeira Divisão, diferente do vivido pelo União em anos anteriores. O estádio deve passar por vistoria no próximo dia quatro de fevereiro e a partir dai será elaborado o material de orientação dos torcedores amplamente divulgado.

reunião união brgada

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]