Tabela impositiva de valor do frete é o impasse entre governo e caminhoneiros

O governo federal anunciou na noite de ontem que a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) vai publicar uma resolução instituindo o procedimento para elaboração da tabela referencial dos custos de fretes nesta sexta.

A nota é assinada pelos ministérios da Justiça, dos Transportes e pela Secretaria-Geral da Presidência da República. Mesmo rejeitada pelos caminhoneiros, o governo manterá a tabela referencial como a melhor saída para estabelecer preços do frete. Caminhoneiros alegam que a tabela não é respeitada e não baliza as negociações.

O anúncio ocorre após a reunião entre caminhoneiros e os ministros da Secretaria-Geral da Presidência da República, Miguel Rossetto, e dos Transportes, Antônio Carlos Rodrigues. A principal reivindicação da categoria é a aplicação de uma tabela de frete mínimo, de utilização obrigatória na negociação de preços de frete.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]