Suspeitos por morte de taxista são presos

Um casal de namorados foi preso investigado pela morte do taxista frederiquense Ervino Sabino da Silva, 68 anos, no inicio do mês de maio.  Segundo apurações da Polícia Civil, sob o comando do delegado Eduardo  Nardi, os dois foram presos na última quinta-feira, 31, pelo crime de latrocínio. As prisões ocorreram nas cidades de Panambi e Condor. 

Ainda segundo a investigação a mulher, que é residente de Panambi, solicitou na noite de 13 de maio que o taxista à transportasse da rodoviária de Frederico Westphalen até a cidade de Erval Seco. Nesta cidade, o companheiro da mulher entrou no  carro e fez com que o Táxi o levasse até o interior de Redentora, onde anunciou o assalto e efetuou dois disparos que culminaram com a morte de Ervino. 

Da vitima foram roubados um celular, dinheiro em espécie e documentos pessoais, objetos que ainda não foram recuperados.  O casal foi encaminhado ao presídio de Frederico Westphalen. 

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]