Supermercados aderem a nova legislação

Estabelecimentos com atividade de comércio atacadista e varejista, nos segmentos de açougue e fiambreria atuantes em todo o Estado do Rio Grande do Sul terão que promover uma série de adequações a fim de zelar pela segurança alimentar dos consumidores. As mudanças são estabelecidas nas normativas vigentes para Controle de Qualidade de Alimentos da Portaria n° 146/2017 da Secretaria Estadual de Saúde (SES), que modifica a Portaria n° 66, de 31 de janeiro de 2017.

Em Frederico Westphalen, o Supermercado Bertoletti já deu início ao processo de adequações, conforme explicou a consultora alimentar do supermercado, engenheira agrônoma e especialista em Tecnologia do Controle de Qualidade de Alimentos, Manúcia Piaia.

“O Superercado Bertoletti resolveu sair na frente para atender as adequações exigidas pela portaria 66/2017, que considera o alto risco de ocorrência de doenças transmitidas por alimentos, pela ingestão de produtos de origem animal ou manipulados sem condições higiênico-sanitárias adequadas”, explicou Piaia. 

O que está sendo feito

As mudanças que se iniciaram abrangem o treinamento das equipes em Boas Práticas de Fabricação (BPF), a adequação do açougue para enquadrá-lo no tipo AI, que exige temperatura certa para a manipulação de produtos, responsável técnico pelo estabelecimento, descrição do manual e implantação das BPF’s, incluindo o melhor controle por meio de planilhas de controle de processos, mantendo as condições de conservação, segurança e rastreabilidade (procedência) dos produtos manipulados, atendendo as legislações específicas de rotulagem.

Foto: Divulgação

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]