Sicredi financia 34% das instalações para geração de energia solar em SC e no RS

Mais de seis mil  unidades geradoras de energia fotovoltaica contaram com liberação de crédito da instituição

Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), foram instaladas em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul 18,8 mil novas unidades de geração fotovoltaica em 2019, um aumento de 136% em relação ao ano anterior. Desse total, 6.410 mil contaram com as linhas de crédito oferecidas pelo Sicredi, o que representa 34% das instalações para geração desse tipo de energia. 

O vice-presidente da Central Sicredi Sul/Sudeste, Márcio Port, salienta a importância do aumento da liberação de crédito. “O Sicredi está atento às necessidades dos associados e a atual demanda por soluções mais sustentáveis, como a produção de energia limpa e renovável, o que resultou, no ano passado, em um crescimento de 231% no número de operações dessa linha de crédito, nos dois Estados, em comparação com 2018”, destaca.

Em valores financiados pelo Sicredi em SC e no RS, 2019 registrou volume de R$ 461 milhões, um aumento de 158% em relação a 2018, quando os financiamentos para aquisição de equipamentos para geração de energia solar atingiram R$ 178 milhões.

Na Sicredi Alto Uruguai RS/SC/MG um significativo número de associados contou com a parceira da Cooperativa para fazerem seus investimentos em energia solar. Um deles é Valmor Luís De Bona, morador da linha Cerro Alto, em Taquaruçu do Sul, que se diz satisfeito com a aquisição.

Instalei 28 placas há quatro meses, com o objetivo de diminuir o custo da luz na minha propriedade, porque construí pocilgas, apliquei recursos na bacia leiteira e, consequentemente, em resfriadores, o que resultou em um aumento significativo no custo da energia elétrica. Então, resolvi estudar a viabilidade de instalar energia solar e avaliei que seria um ótimo negócio. Fui até o Sicredi, financiei o valor que eu precisava e a parcela está bem em conta. Eu pagava em torno de R$ 500 por mês de energia elétrica e depois que coloquei as placas, gasto apenas uma taxa de R$ 35 de luz e a prestação do financiamento é de R$ 280. Então, estou pagando o meu investimento e ainda economizando dinheiro , afirma.

Com relação ao Sicredi, o De Bona disse que a Cooperativa foi muito importante para ele concretizar este sonho. “A Sicredi foi minha parceria, pois além da equipe me dar todas as orientações, o processo foi fácil e rápido. Estou muito contente com o investimento que fiz e oriento outras pessoas a instalarem as placas, pela grande economia gerada. Acredito que é o negócio do momento”, salienta o associado.  

Dados da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar) indicam que a energia solar produzida no país representa 1,4% do total da matriz elétrica nacional. Além do financiamento de energia fotovoltaica, o Sicredi oferece outras linhas de crédito que também contribuem com o desenvolvimento e a sustentabilidade como, por exemplo, o Pronaf ECO e a linha ABC (Agricultura de Baixo Carbono).

 

*Ascom Sicredi

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]