Servidores do Hospital de Caridade devem entrar em greve nesta quinta-feira

Em assembleia geral e extraordinária realizada na segunda-feira, 5, foi definido que a partir das 13 horas desta quinta-feira, 8, os servidores do Hospital de Caridade, de Palmeira das Missões,  irão entrar em greve. Os atendimentos de urgência e emergência serão mantidos pelos funcionários, além dos 30% mínimos exigidos por lei. 

Os servidores em greve alegam o pagamento imediato do restante do salário de setembro e o valor integral do mês de outubro para que a greve seja encerrada. A diretoria do Hospital de Caridade emitiu uma nota de esclarecimento quanto ao tema:

“NOTA DE ESCLARECIMENTO SOBRE A PARALISAÇÃO 
Diante do comunicado dos funcionários do Hospital de Caridade de Palmeira das Missões sobre a paralisação dos atendimentos no dia 08 de novembro de 2018, medida tomada após assembleia extraordinária realizada na segunda-feira dia 05/11, e tendo em vista as diversas manifestações publicadas nas redes sociais que deixam dúvidas sobre o motivo da greve, a Associação Hospital de Caridade de Palmeira das Missões esclarece que: 
1) Hoje os funcionários estão com parte do salário de setembro/2018 e todo o salário de outubro/2018 em atraso e sem receber; 
2) O Hospital se mantém 98% por meio de convênio SUS através de contrato junto ao Estado; 
3) Atualmente o Hospital está enfrentando uma grave crise financeira e deficit orçamentário, decorrentes dos atrasos dos repasses por parte do Estado do Rio Grande do Sul das competências setembro/2018 e outubro/2018 referente as produções hospitalares e ambulatórias (Mac – IAC – Integrasus) e das competências agosto/2018 e setembro/2018 referente aos incentivos estaduais 
4) A administração participará nesta sexta-feira, dia 09/11, de reunião com a Federação das Santas Casas em Porto Alegre para discutir em assembleia a possibilidade de financiamento dos valores em atraso a fim de minimizar essa situação. 
5) Ressalta-se que a Administração vem tomando medidas importantes para reduzir custos e aumentar a receita do Hospital mas a curto prazo essas ações não solucionarão a crise que nos assola. Há necessidade de investimento regular das instâncias Municipal, Estadual e Federal. 
6) Nesse sentido, a Administração do Hospital vem realizando todos os esforços para manter o atendimento do serviço hospitalar prestado ao Município e Região, apesar da crítica situação financeira em que o mesmo se encontra. 
7) Por fim, a Associação Hospital do Caridade de Palmeira das Missões conclama a todas as pessoas a se unirem em prol desta instituição, evitando, neste momento, acusações levianas e falsas, e/ou produzindo discórdias que não contribuem para solucionar a crise. 
O hospital é da comunidade e precisa de todos nós! 
Palmeira das Missões, 08 de Novembro de 2018. 
A Direção” 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]