Escola Sepé Tiaraju adere a greve estadual e paralisa atividades

Um protesto de professores com o apoio de estudantes marcou uma reunião entre docentes e governo do Estado na terça-feira, 17, em Porto Alegre. O encontro para discutir a pauta do Magistério foi o primeiro entre os dois lados, após o início da greve na segunda-feira, 16.

O secretário interino da Educação, Luis Antônio Alcoba de Freitas, e o chefe da Casa Civil, Márcio Biolchi, se reuniram com a presidente do Cpers, Elenir Schürer, e um grupo de cerca de 20 professores do comando de greve, na sede da Secretaria Estadual da Educação. Do lado de fora, a maioria dos manifestantes foram impedidos de ingressar no prédio e aguardavam junto à rampa principal de acesso.

Em Frederico Westphalen a única escola que aderiu a greve estadual e paralisou totalmente suas atividades foi a Escola Estadual de Educação Básica Sepé Tiaraju. A Escola Cardeal Roncalli segue suas atividades normais, porém com dois funcionários paralisados. As demais escolas frederiquenses ainda não aderiram a paralisação estadual. Na tarde desta quarta-feira, será realizada uma plenária no 26ª Núcleo Regional do Cpers para definir o posicionamento de todas as escolas.

Confira mais informações sobre a paralisação estadual:

Foto: Divulgação

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]