Secretaria de Saúde confirma caso autóctone de dengue em FW

Município possui dois casos de dengue, um deles contraído fora do Estado

A Secretaria de Saúde de Frederico Westphalen confirmou nesta quarta-feira, 11, um caso autóctone de dengue, ou seja, que a doença foi contraída no município. A amostra coletada da paciente, moradora do Núcleo, resultou positivo para a dengue, confirmado pelo Laboratório Central do Estado (Lacen). 

Este é o segundo caso confirmado de dengue no município, em 2020. De acordo com a secretária Municipal de Saúde, Léa Tomschke, a segunda paciente contraiu a doença em uma viagem realizada a São Paulo, dessa forma, a transmissão é considerada importada (contraída fora do Estado).

Além disso, outras três amostras de casos suspeitos foram enviadas para análise do Lacen. A responsável pela pasta da Saúde também destacou que todos os moradores com a suspeita da doença recebem vistas para orientações e vistoria das residências.

Programa Cidade Limpa
O cronograma de visitas do programa Cidade Limpa, iniciado em fevereiro, segue até o dia 15 de março. A ação, que tem como objetivo eliminar os possíveis criadouros do mosquito da dengue, foi realizada nos quatro bairros com maior índice de possíveis criadouros do mosquito: Aparecida, Fátima, Centro e Ipiranga.

A próxima etapa do programa irá abranger todos os bairros do município, recebendo visitas simultâneas dos Agentes de Combate a Endemias e de Saúde. Segundo Tomschke, a orientação é utilizar repelente contra o mosquito e manter as residências livres de possíveis focos. 

— Além de fazer o uso de repelente como barreira de proteção, é necessário que a comunidade realize algumas ações para evitar a proliferação do mosquito, como a limpeza de piscinas e caixas d’água. Só com a ajuda de todos conseguiremos evitar a proliferação, porque além de se proteger, o morador que realiza a limpeza de sua residência, também ajuda toda a comunidade — , destacou Léa.

Como se proteger?
Apenas jogar fora a água acumulada não elimina o mosquito e seus ovos. A Prefeitura de Frederico Westphalen divulgou algumas dicas de como se proteger e realizar a limpeza corretamente:

      • Não basta secar os reservatórios de água parada, os ovos do mosquito podem viver por mais de um ano em ambientes secos, é preciso limpar o recipiente com água sanitária e esponja, assim eliminando todos os ovos.

     

      • Caso encontre larvas na água, não as jogue pelo ralo, coloque na terra, para que não se espalhem ainda mais.

     

      • Não deixe de limpar seu terreno baldio e não deixe entulho acumulado, pois são locais com grande chance de proliferação.

     

      • É mito que as larvas só se desenvolvem em água limpa, pois os mosquitos podem se desenvolver até em água suja e parada.

     

      • O uso de inseticidas é eficaz contra os mosquitos desenvolvidos, porém não contra seus ovos.

     

    • Não se esqueça de usar repelente, principalmente ao amanhecer e entardecer, que é quando há mais incidência de mosquitos.

 

*Texto: Débora Franke
(Imagem: divulgação)

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]