Reitor da UFSM participa de Audiência Pública em FW

Com o intuito de debater a situação orçamentária da Universidade Federal de Santa Maria, o reitor da instituição, Paulo Afonso Burmann, esteve durante a manhã desta terça-feira, 17, na Câmara de Vereadores de Frederico Westphalen participando de uma Audiência Pública. O encontro faz parte de uma série de visitas que a direção da Universidade vem realizando nas cidades que possuem campi. 

Cortes e contingenciamentos vem prejudicando o funcionamento da Universidade em todos os seus polos.  Conforme os dados apresentados pelo reitor, entre 2016 e 2017, o orçamento da universidade sofreu um corte de cerca de 14% no valor total.

Foto: Rodrigo D’avila

Dessa forma, os recursos para custeio e capital aprovados na Lei Orçamentária Anual (LOA) para 2017, na ordem de R$ 160,31 milhões, são inferiores ao que havia sido aprovado para 2014, quando o orçamento para estas duas rubricas era de R$ 165,10 milhões.

Soma-se à redução do orçamento o contingenciamento de valores repassados pelo governo federal às universidades, desde 2014. Naquele ano, dos R$ 165,10 milhões aprovados na LOA, para a UFSM, foram liberados R$ 122,14 milhões. Já em 2017, até agora, dos R$ 160,31 milhões, a universidade recebeu R$ 112,80. O acumulado dos valores contingenciados já soma, nestes quatro anos, R$ 152,39 milhões. Nesse período, a universidade passou por um processo de consolidação da expansão, com a criação de novos cursos e o aumento do número de estudantes.

Destinado a cobrir as despesas correntes, desde energia elétrica e contratos com empresas terceirizadas até materiais de consumo utilizados nas mais diversas atividades desenvolvidas na instituição, o contingenciamento das verbas de custeio é o que mais provoca impactos no dia a dia da universidade.  

Durante o encontro de hoje, após a explanação do reitor sobre a situação da Universidade, alunos que se fizeram presentes tiveram a oportunidade de colocar suas opiniões. O futuro ainda é incerto e é por meio de ações como estas que a instituição procura alertar a sociedade acerca do perigo que a educação pública vem passando. 

A Rádio Comunitária acompanhou a Audiência na manhã de hoje. Confira a entrevista realizada com o reitor, Paulo Afonso Burmann:  

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]