Rebelião é registrada no Presídio Estadual de Três Passos

Na tarde desta terça-feira, 28, foi registrada uma rebelião de detentos no Presídio Estadual de Três Passos. O que teria iniciado o tumulto ainda não foi divulgado pela polícia. Tiros, correria, queima de colchões e bastante agitação marcaram momentos da rebelião.

Informações dão conta de que os detentos armados fizeram reféns, porém não foi confirmado o tipo de arma. Uma guarita da Brigada Militar foi destruída e aconteceram estragos físicos entre o Pátio A e B.

Por volta das 15h30, pelo menos 15 agentes do Pelotão de Operações Especiais (POE) chegaram ao local para prestar apoio aos agentes e trabalharam na contenção desde o início da tarde. Às 16h o Batalhão de Choque da Brigada chegou ao local para conter a situação. O corpo de Bombeiros também auxiliou para conter a agitação no local.

Por volta das 16h45 foi confirmada a morte de um detento do regime fechado, condenado por estupro. 

O tumulto foi controlado por volta das 17h, após a chegada da juíza de Direito, Lisiane Cescon Castelli e do Pelotão da Tropa de Choque. Ainda não foram divulgadas oficialmente as causas da rebelião. A casa prisional tem capacidade para 90 detentos, mas abriga 180.

Brigada Militar, Polícia Civil, Samu e Corpo de Bombeiros estavam na operação. As ruas próximas ao presídio firam fechadas, com segurança reforçada. 

Jornal Atualidades

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]