PT divulga nota pública em apoio a quarentena

O Partido dos Trabalhadores de Frederico Westphalen, diante da pandemia do novo coronavírus, divulgou uma nota oficial nesta sexta-feira, 27, explanando a posição do partido quanto a temas em discussão nacional.

Confira: 

A Executiva do Partido dos Trabalhadores de FW, em defesa da VIDA, do CIDADÃO e dos Direitos dos Trabalhadores vem a público externar:

Tendo em vista a rápida expansão do coronavírus pelo mundo, atingindo, hoje, 195 países dos cinco continentes do Planeta Terra, produzindo milhares de mortes e centenas de milhares de infectados;

Considerando que, de acordo com fontes científicas, o coronavírus é altamente contagioso, eis que o primeiro caso foi detectado na China em 31/12/2019, e a primeira morte fora as Ásia ocorreu na França, em 15/02/2020, e hoje, já temos, no mundo, mais de 413 mil casos e mais de 18 mil mortes, e no Brasil, onde o primeiro caso foi verificado em 26/02/2020, contamos 2433 casos confirmados e 57 mortes;

Levando em conta, a título de exemplo, o que ocorreu na China, que tomou medidas de contenção mais severas e conseguiu frear a pandemia, e o caso da Itália, onde restrições mais brandas foram adotadas tardiamente e pouco acatadas pela população, o que levou à perda do controle da doença e, hoje, convive com uma verdadeira catástrofe sanitária, ultrapassando as 7.500 mortes, com uma taxa de letalidade que beira 10% dos infectados;

Considerando que as medidas restritivas/preventivas adotadas pelas autoridades sanitárias a nível nacional e estadual devam ser respeitadas e cumpridas, e as estimativas, ainda que não oficiais, de que o vírus se espalhará pelo Brasil com uma velocidade maior que a prevista inicialmente e que, até 06 de abril de 2020, poderemos ter mais de 5.500 mortes provocadas por ele;

Tendo em vista as falas do Presidente da República, que nega as evidências científicas e vão na contramão daquilo que afirmam os experts no tema e as autoridades sanitárias, e que, embora não sejam regras legais e, portanto, não devam ser obedecidas, exercem influência em parcela dos administradores públicos e da opinião pública;

Diante da escassez de leitos hospitalares adequados ao atendimento de pacientes portadores do coronavírus, no âmbito local e regional, o que levará ao rápido esgotamento de tal recurso, quando o provável surto aqui chegar e;

Levando em conta, ainda, que entidades públicas e privadas, em razão dessas informações, diante do temor do avanço desenfreado da pandemia e da falta de leitos hospitalares para atendimento da população infectada, estão, em diversos pontos do país, construindo e cedendo espaços para a construção de hospitais de campanha.

O Partido dos Trabalhadores de Frederico Westphalen, vem a público para dizer que, em defesa da VIDA, do CIDADÃO e dos DIREITOS DOS TRABAHADORES: I – não é hora de retroceder e afrouxar as regras de contenção/restrição, adotadas a nível municipal; II – o trabalhador não pode, diante da iminência de contaminação pelo vírus e da probabilidade de tornar-se um multiplicador do contágio, ser obrigado a retornar ao trabalho; III – é preciso e urgente que se crie a nível nacional, a exemplo do que vêm fazendo os governos de vários outros países, um seguro quarentena ou qualquer outro nome que se queira dar, para garantir ao trabalhador alguma renda, não menor que o salário mínimo, para a sua subsistência e de sua família e; IV – que a administração pública municipal viabilize o aumento do número de leitos e equipados para atendimento de pacientes portadores do vírus.

Recomendamos que os trabalhadores, assim como as demais pessoas, independentemente de idade, fiquem em casa e mantenham o isolamento social, evitando exposição sua e de familiares ao coronavírus, pois a VIDA é o maior bem que possuímos e, assim, deve ser preservada em primeiro lugar.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]