Projetos digitais da Sicredi Alto Uruguai RS/SC/MG envolveram mais de 1,5 mil participantes

Investir em projetos digitais para manter o relacionamento próximo com diferentes públicos foi uma das estratégias da Cooperativa durante o ano, que devido a distanciamento social, exigiu muita inovação, criatividade e trabalho em equipe para construir e desenvolver os projetos digitais. Entre elas, esteve a realização virtual do Flor & Ser – iniciativa do programa Sicredi Mulher que contou com a participação de 814 mulheres, e do Maratona de Carreira – iniciativa ligado ao programa Líder Jovem que envolveu 656 de jovens. Ambos os projetos tiveram duas turmas entre junho e novembro, as quais contemplaram oito encontros com cada turma, além das celebrações que marcaram o término das atividades. O encerramento das segundas turmas destes projetos aconteceu no dia 23 de novembro.

Em cada uma das turmas, além do variado conteúdo trabalhado, os participantes foram estimulados a desafios semanais. As temáticas trouxeram nas bases metodologias o despertar e a reflexão sobre o comportamento individual, resiliência para o atual momento, análise de carreira profissional, entre outros temas.

Participantes

De acordo com a participante do Maratona de Carreira do município de Ametista do Sul/RS, Estéfany Suzan Trevisan Vianini, 17 anos, o projeto foi uma grande oportunidade. “Tive experiências muito boas, como a entrevista de emprego, e o teste vocacional que me auxiliaram na decisão de cursar medicina, pois fui conversar com um médico que tirou minhas dúvidas. Além disso, aprendi a me educar mais financeiramente e a forma dinâmica das aulas nos atraiu muito”, salienta.

Da mesma forma, a integrante da segunda turma do Flor & Ser, Patrícia Faustino, de Santa Rita do Sapucaí/MG, disse que aprendeu muito durante os módulos. “Cada semana foi um tema, incluindo como se planejar, como viver em sociedade, a importância da família, do amor próprio, de se cuidar, de projetar as ações na empresa. Além disso, foi possível interagir com várias pessoas dos demais Estados que a Cooperativa abrange, o que é bem positivo. Até no relacionamento familiar me ajudou muito, inclusive o projeto foi tão bom que chamou a atenção da minha mãe. Ela me viu assistindo, gostou e acompanhou todos os encontros junto comigo”, conta.

Projetos

Além de movimentar associados e públicos diversos, os dois projetos contaram com uma ajuda especial – a contribuição voluntária de mais de 350 colaboradores. Ao longo das duas turmas, eles se desafiaram como mentores, atuando como embaixadores ou padrinhos. Além destas turmas, outras iniciativas se concretizaram neste ano na Cooperativa, seguindo o mesmo formato digital.

A presidente Angelita Marisa Cadoná comenta sobre a experiência dos dois projetos digitais. “O Flor & Ser e o Maratona de Carreira foram fantásticos, pois conseguimos através da tecnologia chegar nas casas das famílias e ampliar a proximidade. Nestas oportunidades, conhecemos os sonhos das mulheres, discutimos sobre carreira e visualizamos o futuro juntos. Isso atende o objetivo dos programas sociais que a Cooperativa tem que é contribuir com o autodesenvolvimento, autoconhecimento e o estímulo ao empreendedorismo. Da mesma maneira, estamos muito felizes com o Maratona de Carreira e queremos que os jovens continuem buscando sua evolução, se conheçam melhor e foquem também na carreira. Esta foi uma maneira de levar o cooperativismo a eles, despertando este modelo de atuação que é muito sentido, não só nos dias de hoje, mas também no futuro. O nosso compromisso para os próximos anos é continuar investindo, seja no modelo presencial ou digital, mas sempre juntos, pensando, construindo e nos desenvolvendo, para que possamos transformar nossas realidades”, finaliza Angelita.

 

*ASCOM 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]