Projeto de videomonitoramento de Frederico Westphalen poderá ser referência no Estado

O projeto de videomonitoramento de Frederico Westphalen, poderá ser referência para outros municípios gaúchos. Convênio assinado nesta quarta-feira (14), entre governo do Estado e prefeitura, em parceria com a Associação Comercial e Industrial (ACI), prevê a instalação de até 12 câmeras em pontos estratégicos da cidade.

A inovação é que as câmeras mais modernas poderão ser integradas ao Departamento de Comando e Controle Integrado (DCCI) da Secretaria Estadual da Segurança Pública (SSP), permitindo maior troca de informações sobre uma região estratégica. Também haverá uma articulação para a utilização de policiais aposentados no modelo previsto no projeto do Corpo Voluntário de Militares Inativos (CVMI), aprovado pela Assembleia Legislativa no último mês de setembro. De acordo com o secretário da Casa Civil, Márcio Biolchi, essa poderá ser a primeira experiência prática do CVMI no norte do Rio Grande do Sul.

Pela parceria formada, os equipamentos serão adquiridos pela ACI, ao custo estimado em R$ 400 mil. Um Centro de Comando, localizado dentro do Batalhão da Brigada Militar da cidade, será equipado pela prefeitura, que fica responsável pela manutenção dos equipamentos e instalação da rede de fibra ótica, hoje já presente em todo o município. A área da segurança pública estará presente no local de onde será possível monitorar todos os principais pontos de entrada e saída da cidade.

Para o prefeito Roberto Feltrin Junior, o município está geograficamente localizado em um ponto de convergência, o que por um lado traz benefícios para a população e estudantes de quatro universidades presentes no território, mas, por outro, atrai grande fluxo de veículos, cargas e pessoas de outras regiões. “Estamos dando início à fase de implementação desse projeto que contribuirá muito para a segurança e, consequentemente, para a qualidade de vida na nossa cidade”, disse, ao participar da assinatura do convênio no Palácio Piratini.

Para a presidente da ACI, Simonia Oliveira, o projeto também terá efeitos positivos para a atividade comercial da cidade e os moradores, ampliando a possibilidade de monitoramento em pontos de maior circulação. “Esse é um projeto que vem sendo consolidado desde 2013, com a participação de empreendedores, prefeitura, Polícia Civil e Brigada Militar. Estamos muito satisfeitos em seguir para a fase final, com instalação das câmeras em praticamente toda a cidade”, destacou.

O secretário da Segurança Pública, Wantuir Jacini, que está em Brasília, e o comando da BM foram representados pelo assessor jurídico da SSP, Roger Nardys de Vasconcellos, e pelo tenente-coronel Ribeiro, que também destacaram a possibilidade de integração com o DCCI. “O projeto de Frederico Westphalen foi muito bem elaborado tecnicamente, prevendo a utilização das chamadas câmeras inteligentes, e poderá ser um modelo adotado por outras cidades da região”, disse Vasconcellos.

1


Texto: Angela Bortolotto/Casa Civil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]