Profissionais da Polícia Civil estão paralisados em FW

Até as 8 horas da próxima quinta-feira, 14 de dezembro, profissionais que trabalham na Delegacia de Polícia Civil de Frederico Westphalen atendem somente casos de urgência e emergência.

Proposta pelo Sindicato dos Escrivães, Inspetores, e Investigadores de Polícia (Ugeirm/Sindicato), a ação iniciou às 8h desta segunda-feira, 12, a fim de protestar contra o pacote anunciado pelo governo de José Ivo Sartori em novembro. O texto prevê demissão de servidores, fusão de secretarias, extinção de nove fundações do Estado e aumento da alíquota previdenciária.

Representante da Ugeirm na região, Flávio Bressan ressaltou que a manifestação ainda é contra o parcelamento de salários, alteração de data do pagamento do 13º e a PEC 55, cuja votação em segundo turno no Senado está marcada para esta terça feira, 13. Para o mesmo dia, no início da tarde, está prevista uma marcha que partirá do Palácio da Polícia, em Porto Alegre, em direção ao Palácio Piratini.

Folha do Noroeste

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]