Professores paralisam atividades e protestam contra mudanças no IPE

Durante esta terça-feira, 13,  professores de todo o Estado participam de uma vigília na Praça da Matriz, no centro de Porto Alegre, contra mudanças no Instituto de Previdência do Estado (IPE) pelo governador José Ivo Sartori.

Além da vigília, o CPERS Sindicato convoca todos professores (as) e funcionários (as) de escola para participarem do Dia de Paralisação Estadual, tendo como eixos: defesa da Saúde, contra o pagamento atrasado dos salários e auto-agenda com o governo Sartori MDB (ex-PMDB).

O Projeto de Lei  212/17, que dispõe sobre o Sistema de Assistência à Saúde e sobre o Fundo de Assistência à Saúde será o primeiro projeto a entrar nesta terça-feira, às 14h, na pauta de votação do plenário da Assembleia Legislativa.

Esse projeto, se for aprovado, representará aumento de até 40% em consultas, exames, serviços e procedimentos, significando privatização e precarização dos atendimentos. 

Em apoio a mobilização, a Escola Sepé Tiarajú de Frederico Westphalen está paralisada durante todos os turnos nesta terça-feira. Às 18h, uma reunião entre os professores será realizada no educandário para debater os impactos das mudanças. Uma comitiva de professores de FW também se encontram em Porto Alegre para participar dos atos e da votação. 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]