PRF prende homem com identidade policial falsa e porte ilegal de arma em Sarandi

Na manhã de segunda-feira, dia 2, a Polícia Rodoviária Federal abordou um Peugeot/307 através do Projeto Cinema Rodoviário, na unidade operacional de Sarandi. O condutor, de 32 anos,  possuía em seu veículo  uma pistola marca Taurus calibre 380; dois carregadores e 18 munições intactas. Também  foram encontrados um dispositivo giroflex (utilizados por viaturas policiais discretas) e uma identidade funcional falsa de policial federal.

Durante a abordagem, o homem de 32 anos se mostrou bastante nervoso e pegou uma carteira de couro com brasões da Justiça Federal com o fim de retirar o documento do veículo. No parabrisa do carro existiam dois adesivos: um da Polícia Federal e outro da Justiça Federal. O homem foi questionado pelos policiais se era servidor público, que negou, alegando ser empresário.

Diante do fato, o homem foi preso em flagrante por porte ilegal de arma de fogo, e, ainda, terá que explicar o fato de estar portando uma identidade falsa da polícia federal e equipamento de uso estritamente policial. Também, deverá responder por violar a suspensão do direito de dirigir, já que sua CNH estava suspensa.

O Projeto Cinema Rodoviário consiste em abordar alguns veículos e convidar os condutores a assistir uma pequena palestra/vídeo sobre trânsito seguro. Enquanto isso, os documentos dos condutores e dos veículos são conferidos via sistema informatizado.

PRF/Sarandi

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]