Amzop busca diálogo com MP sobre retorno das aulas presenciais

Na manhã desta sexta-feira, 16, os prefeitos e secretários municipais de educação da região da Amzop voltaram a se reunir de forma virtual, para tratar sobre a possibilidade de volta as aulas de forma presencial, diante da decisão do Governo do Estado de retomar as atividades presenciais na rede estadual de ensino na próxima semana.

Além da presença dos prefeitos e secretários de educação, o encontro também contou com a presença de Guilherme Machado, diretor de assuntos municipais da Famurs, Ana Paula Zielkoski, assessora jurídica da Famurs e Jussara Junqueira, coordenadora de educação da Federação.

Machado destacou que a recomendação da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul é para que os municípios não retomem as aulas presenciais neste momento, porém a entidade respeita a posição daqueles prefeitos que decidirem pelo retorno.

O presidente da Amzop, prefeito de Rodeio Bonito, José Arno Ferrari, voltou a frisar que neste momento seria importante uma decisão conjunta única dos prefeitos diante gravidade da situação. Os gestores enfrentam dificuldades com relação a organização do quadro de professores e funcionários das escolas para uma possível volta as aulas, bem como, com relação a reorganização do transporte escolar.

O presidente do Conselho Fiscal da Famurs, prefeito de Pinhal Edmilson Pedro Pelizari, destaca que o seu município analisa seriamente voltar com as aulas presenciais somente em 2021. Diante desta situação, os prefeitos dialogarão com o Ministério Publico na busca de um entendimento sobre a situação.

 

*Assessoria Amzop

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]