Prefeito de Frederico Westphalen recebe reconhecimento no Prêmio Gestor Público 2014

O prefeito municipal de Frederico Westphalen, Roberto Felin Junior, recebeu certificado de reconhecimento no 13º Prêmio Gestor Público, realizado no dia 11 de novembro, no Teatro Dante Barone da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul. Neste ano, 86 municípios gaúchos inscreveram 151 projetos, classificando 43 para premiação, estando entre os classificados o do município de Frederico Westphalen.

O projeto inscrito e reconhecido pelo Prêmio Gestor Público 2014, foi o da Casa de Acolhimento Lar São Francisco. A casa foi criada através de um consórcio entre Frederico Westphalen, Caiçara, Palmitinho, Pinheirinho do Vale, Taquaruçu do Sul, Vicente Dutra e Vista Alegre, com objetivo de acolher crianças e adolescentes em situação de negligência, maus-tratos e abandono familiar dos municípios consorciados.

O prefeito municipal de Frederico Westphalen, Roberto Felin Junior, participa pela primeira vez do Prêmio Gestor Público e diz que este reconhecimento o motiva ainda mais a continuar com projetos. ” Fiquei contente pela possibilidade de analisar os outros premiados e perceber que estamos com muitos projetos em andamento, que certamente nos motivarão para que ano que vem estejamos novamente em Porto Alegre”, comenta o prefeito.

A Casa de Acolhimento Lar São Francisco surgiu da necessidade de criação e fortalecimento da rede protetora instituída pelo Estatuto da Criança e do Adolescente -ECA, concebida como acolhimento institucional, sendo um espaço para acolher crianças e adolescentes no cumprimento de medidas protetivas e em uma sede próxima aos seus familiares. “Participar do 13º Prêmio Gestor Público é um reconhecimento a todos os prefeitos que fazem parte do consórcio, atendendo a uma demanda antiga, assim possibilitando que as crianças da Comarca de Frederico Westphalen permaneçam próximas a uma estrutura social que possa trabalhar melhor suas questões”, completa o prefeito municipal Roberto Felin Junior.

Na premiação o presidente do Sindifisco-RS, Celso Malhani de Souza, agradeceu aos auditores-fiscais que colaboraram, de forma voluntária, com o processo de execução do 13º Prêmio Gestor Público e a constatação sobre o alto nível dos projetos inscritos nesta edição. “Fica evidenciada uma crescente qualificação da gestão pública a serviço de nossa gente. São cada vez mais qualificados aqueles que se submetem ao crivo das urnas e correspondem com soluções inovadoras e criativas para as suas comunidades”, afirmou ele.

No evento, também foi lançado o livro “Boas Ideias Mudando Vidas”. A publicação apresenta 12 projetos vencedores do Prêmio Gestor Público, desde 2002, que continuam sendo executado atualmente. O livro contém 228 páginas com histórias, relatos, fotografias e resultados alcançados por essas iniciativas municipais.

O PRÊMIO

O Prêmio Gestor Público foi criado em 2002 com a finalidade avaliar e dar reconhecimento público aos melhores projetos das administrações públicas municipais do Rio Grande do Sul. A iniciativa é da categoria dos Auditores-Fiscais da Receita Estadual do RS, representados Sindicato dos Servidores Públicos da Administração Tributária do RS (Sindifisco-RS) e pela Associação dos Fiscais de Tributos Estaduais do RS (Afisvec).

A.I/PM

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]