Ovos de Páscoa estão menores e preço estabilizou

Quem passou pelos supermercados nos últimos dias já pôde perceber o colorido dos ovos de chocolate sendo colocados nas araras. Entretanto, a Páscoa deste ano deve ser um pouco menos doce. De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados (Abicab), os fabricantes de chocolate tentam superar a retração econômica com ovos de Páscoa menores para atender a um público com menos dinheiro para gastar. Além disso, os ovos deste ano tiveram reajuste de preços devido ao aumento do dólar e também de componentes da cadeia de produção como açúcar, combustível e armazenagem.

Em uma pesquisa feita pela reportagem do jornal O Alto Uruguai em alguns supermercados de Frederico Westphalen, pôde-se constatar que a variação no valor dos ovos diminuiu do ano passado para este, porém, a gramatura dos doces também reduziu. As principais marcas de chocolate tiraram do mercado os ovos grandes, de 700 e 750 gramas, e passaram a comercializar produtos menores, de 200 gramas – para agradar a todos os bolsos. Levando em consideração as gramas dos ovos, os preços estabilizaram. Na época de Páscoa de 2015, por exemplo, os ovos de 485/500 gramas custavam de R$ 30 a R$ 61 em FW e, neste ano, os itens com o mesmo peso custam de R$ 53,50 a R$ 57.

De acordo com o economista Adriano Kozoroski Reis, a crise econômica exige que as empresas realizem adequações em seus custos e também desenvolvam estratégias de competição ao mercado. “Comparado com 2015, há mais produtos opcionais ofertados aos consumidores. As empresas estão atentas a fatias do mercado consumidor em relação a renda dos trabalhadores. Desta forma encontramos ovos de chocolate que vão desde R$ 26 até R$ 57”, explica.

– Preços em 2015
Ovos de 485/500 gramas → custam de R$ 30 a R$ 61
Ovos de 700/750 gramas → custam de R$ 59 a R$ 90

– Preços em 2016
Ovos de 200 gramas → custam de R$ 26 a R$ 31,50
Ovos de 350 gramas → custam de R$ 40 a R$ 45
Ovos de 500 gramas → custam de R$ 53,50 a R$ 57

A reportagem completa, com dicas de como economizar na hora de comprar os ovos, você confere na edição impressa do AU de quarta-feira, 16.

O Alto Uruguai

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]