Oito municípios da região serão beneficiados com construção de microaçudes

O governo federal irá investir R$ 38 milhões na construção de microaçudes e programas de acesso à água em 75 municípios gaúchos que sofrem com a estiagem. Parte do montante vem de recursos repatriados graças à lei 13.254/2016.

Ao todo, serão construídos 1.742 microaçudes e poços e 200 quilômetros de extensão de rede de abastecimento de água para assentamentos rurais e pequenas propriedades da agricultura familiar. O recurso irá beneficiar 3.345 famílias, favorecendo o uso da irrigação e atividades de piscicultura.

Na região do Médio Alto Uruguai, oito municípios serão beneficiados com as construções: Frederico Westphalen, Erval Seco, Iraí, Alpestre, Palmitinho, Pinheirinho do Vale, Seberi e Vicente Dutra. 

De acordo com o ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, o investimento vai ampliar o acesso das famílias à água de qualidade e incentivar a produção de alimentos. “Esse investimento mostra a importância da lei de repatriação e a prioridade do governo em disponibilizar água potável para famílias atingidas pela seca”, destaca.

Segundo o secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA), Caio Rocha, os recursos já foram repassados para o Rio Grande do Sul para imediata utilização. “Esse reforço aumenta em mais de 120% a capacidade de investimento do governo federal na construção de cisternas em todo o país”, afirma.

O governo federal também está investindo R$ 755 milhões na construção de 130 mil cisternas em 15 estados. As ações irão beneficiar mais de 1 milhão de pessoas em 759 municípios.

O programa de acesso à água é executado pelo MDSA em parceria com governos estaduais, municipais, consórcios públicos municipais e organizações da sociedade civil. 

Na manhã desta quarta-feira, o ministro Osmar Terra concedeu entrevista à Rádio Comunitária e falou sobre o programa, confira na íntegra: 

Foto: Divulgação

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]