Novos temporais fazem número de pessoas afetadas subir no RS

A Defesa Civil do Rio Grande do Sul informou que subiu de 6.004 para 6.857 o número de pessoas afetadas em razão dos temporais registrados desde o início da semana. Das pessoas afetadas, 286 estão desalojadas (quando os cidadão são obrigados a deixarem as suas casas e não precisam de abrigos temporários) e outras 20 desabrigadas (quando a pessoa precisa deixar sua residência e necessita de abrigo provido pelos governos).

Os municípios atingidos são: Santana do Livramento, Dom Pedrito, Bagé, Cachoeira do Sul, Piratini, Canguçu, Santa Maria, São Gabriel, São Pedro do Sul, Arroio do Tigre, Formigueiro, Porto Alegre, Montenegro, Dilermando de Aguiar, Ibarama, Pinhal Grande, Gramado, Cristal, Camaquã, Lagoa Vermelha, Capão do Leão, Santana da Boa Vista, Jacuizinho, Gramado Xavier e Doutor Ricardo.

Conforme o órgão estadual, o nível de elevação dos rios é outro fator que preocupa. Nas cidades de Pedro Osório e Cerrito o Rio Piratini está sob monitoração. As águas atingiram nesta manhã de quinta-feira, 31, oito metros acima do nível. Com a marca de 13m80cm, as águas chegam nas primeiras casas. Além disso, as barragens em Camaquã e Arroio Grande seguem em constante monitoramento. Em Cristal, a Defesa Civil Municipal está providenciando apoio para os 42 moradores que foram para casa de familiares em razão das enchentes.

Fonte: Rádio Guaíba

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]