Muitas visitações no primeiro dia da Feira Regional da Agricultura Familiar

A 1ª Feira Regional da Agricultura Familiar, Agroindústria, Artesanato e Biodiversidade começou na manhã desta sexta-feira, dia 23, e segue no sábado e domingo, no parque de Exposições Monsenhor Vitor Batistella de Frederico Westphalen. Com cerca de 300 expositores, o objetivo da Feira é potencializar o setor da agricultura familiar dos 42 municípios da região Médio Alto Uruguai e Rio da Várzea.

A programação iniciou com a abertura das visitações, a partir das 08h30min e às 9h, iniciou-se o Seminário Regional da Bovinocultura de Leite, na Ecco Eventos. Também às 9h, o 7° Encontro Estadual dos APLs de Agroindústrias e Alimentos reuniu Equipe Técnica dos APLs e representantes das instituições da Governança e dos empreendimentos/produtores de todo o Estado. Ainda de manhã, os visitantes puderam participar do espaço da Cozinha Didática, que ensinou a receita de misto quente de legumes.

Dulcinéia Haas Wommer, assistente técnica regional da Emater/RS-Ascar, fala sobre a Cozinha Didática:

Às 11h30min, foi realizada a abertura oficial da Feira, no pavilhão 4.

Durante a tarde, às 14 horas, ocorreu o 3° Seminário Regional da Alimentação Saudável, na Ecco Eventos. O Seminário já se tornou tradicional para a região e visa discutir sobre a segurança e soberania alimentar com lideranças, entidades, agricultores e demais envolvidos no setor. Nesse mesmo horário, no pavilhão 1, houve um espaço temático sobre tendências e perspectivas da agricultura familiar, com participação de pesquisadores e Universidades.

De noite, às 19 horas, o curso de especialização em Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar da URI fez sua aula inaugural, no pavilhão 1. As visitações se encerraram às 20 horas.

Um dos espaços da Feira é a demonstração, realizada pela Emater/RS-Ascar, de como otimizar o espaço da sua propriedade:

Julio Cesar Guerra, da Emater/RS-Ascar de Taquaruçu do Sul, convida o público para passar no estande das Sementes Crioulas:

A Feira conta com restaurante, com refeições servidas nas Etnias Italiana e Polonesa, e com Praça de Alimentação. Há comercialização de produtos durante todo o dia. Durante seus três dias, há uma extensa programação de seminários, encontros e atividades como cozinha didática e eventos paralelos.

Setores da Feira:

– Agroindústria familiar
– Artesanato
– Cozinha didática
– Exposição, troca e venda de mudas e sementes crioulas e produtos naturais
– Plantas bioativas, aromáticas e condimentares
– Turismo rural
– Melhoria da habitação rural e paisagismo
– Hortigranjeiros, horta e pomar doméstico, hidroponia e irrigação
– Solos, meio ambiente e piscicultura
– Secagem e armazenamento de grãos na agricultura familiar
– Cooperativas
– Participação das Universidades da região

A Feira é uma realização da Emater e da Agência de Desenvolvimento do Médio Alto Uruguai – ADMAU,  com o apoio da Prefeitura de Frederico Westphalen.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]