MP instaura Inquérito Civil para investigar quedas de energia

Após os registros de queda generalizada de energia em Frederico Westphalen e região, o Ministério Público instaurou na tarde desta quinta-feira, 10, um Inquérito Civil para apurar os motivos das constantes quedas de energia nos Municípios da Comarca de Frederico Westphalen, as providências adotadas pela concessionária Rio Grande Energia (RGE) e os danos causados aos consumidores. 

O inquérito define que serão encaminhados  ofícios às prefeituras dos municípios sediados na Comarca, requisitando no prazo de 20 dias, informações das datas e horários (com indicação de início e fim do período) em que se constatou a interrupção no fornecimento de energia elétrica na localidade, com a indicação da área atingida,  se ocorreu anteriormente e, ainda, se a interrupção do fornecimento de energia foi registrada em outros anos, gerando prejuízos aos municípios. Da mesma forma, serão encaminhado ofícios às Câmaras de Dirigentes Lojistas, às Associações Comerciais e Industriais, às Associações de Agricultores e Produtores Rurais, bem como à Emater, solicitando as mesmas informações. 

Também será encaminhado ofício à RGE para que a mesma forneça, dentro de 20 dias, o histórico de interrupções do fornecimento de energia elétrica registradas nos Municípios da Comarca de Frederico Westphalen, a motivação para o evento, o tempo para o restabelecimento dos serviços e a previsão de investimentos para evitar novas ocorrências durante o ano.  

Confira a entrevista coletiva realizada na tarde de hoje na qual o Promotor de Justiça, João Pedro Togni, fala sobre o inquérito instaurado: 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]