Mais de 500 mil sem luz no RS após temporal

Após o temporal acompanhado de vendaval e granizo que atingiu o Rio Grande do Sul na madrugada desta quinta-feira (15), 524 mil clientes continuavam sem energia elétrica, de acordo com as três concessionárias responsáveis pelo fornecimento no estado.

De acordo com a CEEE no final da manhã, por volta das 11h30, 144 mil clientes seguiam sem energia, sendo que 70 mil eram de Porto Alegre. No auge da tempestade, quando foram registradas rajadas de vento de mais de 100 km/h, 366 mil clientes ficaram às escuras.

Saiba como ajudar as famílias atingidas pela enchente

A Rio Grande Energia (RGE) informou que os efeitos do temporal interromperam o fornecimento para 80 clientes. A situação é mais complicada nas cidades de Taquara, onde 6,6 mil estão sem fornecimento, Gravataí (12 mil) e Passo Fundo (4,4 mil). A concessionária informa que o serviço pode demorar para ser restabelecido em alguns pontos por causa da dificuldade de acesso a alguns pontos e pelo rompimento de cabos.

Na área de atuação da AES Sul os ventos provocaram danos na rede de distribuição com a queda de árvores, postes e torres de transmissão. O boletim mais recente informa que 300 mil clientes seguem sem energia, sendo que 125 mil estão concentrados na Região Metropolitana.

Balanço
A Defesa Civil fez um levantamento dos estragos provocados pelo temporal que começou no final da tarde de quarta-feira (14) e avançou pelo Rio Grande do Sul até a manhã desta quinta (15). O boletim divulgado às 11h ainda é preliminar, mas aponta aponta 55 municípios atingidos.

O temporal teve chuva intensa, queda de granizo e ventos de até 130 km/h, provocando quedas de árvores e postes de energia elétrica em praticamente todas as regiões do estado. Foram 8.481 residências atingidas e ao menos 1.056 pessoas tiveram que sair de casa no período.

Temporal deixa mortos
Três pessoas morreram desde a noite de quarta-feira (14) no Rio Grande do Sul. Em Porto Alegre, o temporal deixou uma pessoa morta e 11 feridas, de acordo com balanço da Brigada Militar e do Hospital de Pronto Socorro (HPS), divulgado pela prefeitura da capital no começo da manhã.

Um homem de 20 anos morreu no bairro Sarandi, Zona Norte de Porto Alegre. A região foi uma das mais afetadas pela chuva e pelo vento forte. A vítima, identificada como Gustavo Oliveira, caiu em um valão e foi levada pela correnteza. O Corpo de Bombeiros foi até o local e localizou o corpo por volta das 10h.

No interior do estado, uma árvore caiu sobre uma residência e causou duas mortes na noite de quarta-feira (14) em Rio Pardo, no Vale do Rio Pardo. O acidente aconteceu em meio a um temporal que destelhou cerca de 100 residências.

G1/RS

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]