Governo prorroga prazo para envio de sugestões sobre distanciamento controlado

O prazo para que a sociedade envie sugestões e questionamentos ao modelo de distanciamento social controlado, apresentado nesta semana à população, foi prorrogado. Em transmissão ao vivo nesta quinta-feira, 23, o governador Eduardo Leite explicou que, a pedido de entidades, estenderá o prazo até as 18h da sexta-feira, 24.

“Aguardaremos as sugestões até amanhã para que a nossa equipe possa compilar e consolidar um modelo que ofereça condições de, já na próxima semana, ser colocado em prática”, detalhou Leite. A expectativa do governo do Estado é de que esse novo modelo seja implementado a partir de maio. As sugestões podem ser enviadas pelo e-mail distanciamentocontrolado@seplag.rs.gov.br.

Portaria para retomada de atendimentos eletivos

Ao lado da secretária de Saúde, Arita Bergmann, o governador também anunciou que, ainda nesta quinta-feira (23/4), será publicada uma portaria que estabelece protocolos a serem seguidos para a retomada gradual de atendimentos eletivos em hospitais públicos e privados.

“Pretendemos normatizar, dando orientações do ponto de vista epidemiológico, para garantir a segurança do trabalhador e dos usuários. Nesse sentido, a portaria tratará dos cuidados em relação aos estabelecimentos, aos profissionais e aos pacientes”, explicou a secretária.

Atendimentos eletivos consistem em cirurgias, consultas, exames e procedimentos que são realizados sem urgência, com marcação prévia, e que foram suspensos devido ao coronavírus.

Passo Fundo é segunda cidade com maior número de casos no RS

Segunda cidade com maior número de casos e de óbitos, Passo Fundo contabiliza, até esta quinta-feira, 23, 59 diagnosticados com Covid-19 e seis mortes. O governador Eduardo Leite destacou que a região, por ser referência de atendimento para outros municípios, é observada com atenção. “Já instalamos 10 leitos na cidade e pagaremos o custeio de maneira antecipada”, garantiu. O recurso, oriundo do Ministério da Saúde, é de R$ 1,4 milhão.

Além disso, Passo Fundo também recebeu 47 mil máscaras, 39 mil luvas e, entre março e abril, o repasse de R$ 1,5 milhão, também aportados pelo Ministério da Saúde.

A secretária Arita Bergmann acrescentou que a equipe técnica da pasta está à disposição e que dará o apoio necessário à coordenadoria regional daquela região. “Observamos que houve casos de transmissão entre pessoas jovens, que estavam trabalhando, e que residem em vários municípios. Daremos suporte, principalmente a essas pessoas que foram diagnosticadas recentemente, e o caso específico de contágio em local de trabalho está sendo apurado e investigado”, esclareceu.

*Por Suzy Scarton
(Foto: Gustavo Mansur / Palácio Piratini)

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]