FW: medidas mais severas de controle e punição podem ser adotadas

Em uma reunião realizada no salão nobre da Associação Comercial, Industrial e de Prestação de Serviço (ACIFW) nesta quinta-feira, 25, entidades empresariais, membros do Gabinete Municipal de Prevenção e Enfrentamento ao Coronavírus (GMPEC), lideranças, secretários municipais e o prefeito de Frederico Westphalen debateram alternativas para conter o avanço da pandemia causada pelo coronavírus no município.

Conforme o entendimento das lideranças, a conscientização é o primeiro passo no combate à Covid-19 e a comunidade precisa se engajar e ser parte da solução. Caso parte da população siga desrespeitando as orientações de distanciamento e não mude alguns hábitos, estão previstas punições mais severas, como suspensão e cassação de alvarás, interdição, multas com valores mais elevados, entre outras medidas.

A secretária da Saúde, Nair Schuch, comentou que o município está fazendo o seu dever de casa e seguindo rigorosamente os protocolos de prevenção e combate ao coronavírus. No entanto, as aglomerações não podem mais ocorrer, inclusive no núcleo familiar.  Segundo Nair, muitos grupos familiares estão sendo diagnosticados com a Covid-19, e isso está ocorrendo pela ideia errônea de que, por serem familiares, não há problemas se reunirem em grupos de mais de quatro pessoas.

A respeito da situação do comércio, foi destacado que este é o segmento da sociedade que mais irá sofrer com uma possível mudança de classificação para Bandeira Vermelha e, consequentemente, os trabalhadores deste setor, que representam grande parte da população, gerando danos severos na economia.

Os presidentes da ACIFW, CDL-FW e Sindilojas reforçaram a importância dos gestores e empresários se conscientizarem e conscientizarem seus funcionários sobre a responsabilidade e cuidado não só no ambiente de trabalho, mas também após o horário, quando, muitas vezes, acontece a contaminação em encontros e festas particulares, colocando toda a empresa em risco.

O comandante do 37º BPM, Major Carlos Alberto Cardoso de Aguiar Junior, destacou que o trabalho de fiscalização realizado pela Brigada é ainda mais eficiente se realizado em conjunto com a comunidade. O Major comentou que por sermos uma cidade pequena, não cabe levar as situações para o lado pessoal, pois esta é uma questão comunitária, em que as atitudes individuais refletem diretamente na saúde coletiva e vice-versa.

O prefeito de Frederico Westphalen, José Alberto Panosso, ressaltou que a Administração Municipal tem trabalhado com foco no equilíbrio para preservar a saúde e garantir a manutenção dos empregos. “Nossas ações ocorrem em harmonia com as equipes de profissionais da saúde, ACIFW e CDL-FW. Nossa intenção é, primeiro, proteger a vida da nossa comunidade, mas queremos que a economia do nosso município continue reagindo”, destacou o prefeito.

*Ascom/ACI-FW
(Foto: divulgação)

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]