FW agrega agilidade e simplifica processos para empresas locais

Frederico Westphalen comemora neste mês de setembro com a conclusão do Eixo de Desburocratização, um dos quatro pilares centrais do Programa Cidade Empreendedora, promovido pelo Sebrae RS em parceria com o Poder Público. Isso, representa o início de um patamar mais sólido no que se refere ao empreendedorismo local, com o planejamento de ações do eixo complementar de Inovação e o desenvolvimento da cadeia produtiva do turismo local.

As ações nestes dois temas começam a ser planejadas e executadas ao longo dos próximos meses. Em FW, a relação entre Sebrae RS e a Prefeitura vem se fortalecendo desde 2019, quando a organização iniciou suas atividades do referido programa. “O programa tem uma importância única no que tange a busca por novas alternativas e, principalmente, pelo caráter prático das ações com informações e experiências positivas de algumas das melhores práticas do mercado. São conteúdos que impactam diretamente no dia-a-dia da comunidade empreendedora que é, de fato, quem faz a roda da economia girar’’, explica o secretário de Indústria, Comércio e Turismo, Alessandro Molossi.

De acordo com o Analista de Desenvolvimento Territorial da Regional Norte do Sebrae RS, Patric Strapazzon, o Cidade Empreendedora encontra em Frederico Westphalen um ambiente favorável à visão empreendedora e à busca permanente por crescimento. Ele lembra que os resultados estão diretamente ligados à sinergia entre a organização, poder público e os múltiplos agentes de desenvolvimento local. ‘‘Fica claro que o município possui um critério muito apurado em relação a processos, demandas e prazos, o que torna o trabalho extremamente eficiente e ágil’’, destaca.

SOBRE O PROJETO

Desenvolvido no Rio Grande do Sul desde 2019, o Cidade Empreendedora conta com quatro eixos centrais de atuação: Liderança, Desburocratização, Compras Governamentais e Educação Empreendedora. No primeiro eixo, agentes de desenvolvimento do município participam de cursos, formações e consultorias direcionadas com o objetivo de desenvolver a liderança pública. A orientação para otimizar processos como o de abertura de empresas é o foco do eixo Desburocratização. Compras Governamentais dispõe de soluções para concessões simplificadas e favorecidas aos pequenos negócios nas licitações públicas. Finalmente, o quarto e último eixo, Educação Empreendedora, busca fomentar e oferecer, por meio de oficinas e formações, conhecimentos sobre empreendedorismo e inovação para professores e estudantes.

O Programa Cidade Empreendedora é uma iniciativa inédita no Rio Grande do Sul para engajar gestores e servidores públicos na melhoria do ambiente de negócios e na promoção das políticas públicas para o apoio e fortalecimento do empreendedorismo nos municípios, respeitando suas realidades. O programa tem como objetivo a transformação local, visando impulsionar o desenvolvimento econômico como um todo, com a potencialização e institucionalização de alguns capítulos da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]