Funcionários Públicos de FW são investigados por cobrança de propina

O ministério Público, com apoio da Policia Civil, deflagrou na manhã desta terça-feira, 23, a fase externa da Operação Terraplana.

A ação que realizou 13 medidas cautelares  baseadas em denúncias de agricultores de Frederico Westphalen contra 11 funcionários da Secretaria de Agricultura do Município que estariam cobrando propina para realização de serviços como terraplanagem.  O trabalho era feito aos fins de semana e o  valor cobrado como propina girava em torno de R$ 50 a R$ 80 a hora/máquina.

O promotor de justiça João Pedro Togni comentou que o processo de cobrança indevida já estava normatizado no consciente dos agricultores que de forma ilegal eram cobrados por serviços que deveriam ser gratuitos: 

Segundo o MP, um agricultor chegou a pagar R$ 1,2 mil pela realização dos serviços. 

Durante o cumprimento das medidas cautelares foram apreendidas três armas de fogo (um rifle, uma pistola e um revólver) além de títulos de crédito, recibos e documentos.  Ninguém foi preso. Um processo de improbidade administrativa poderá ser instaurado. 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]