Funcionários da Corsan devem paralisar serviços nesta terça-feira

Funcionários da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) devem paralisar as atividades nesta terça-feira, 15. A mobilização ocorre, durante o turno da manhã, em protesto contra o impasse relativo à negociação do dissídio salarial, que tinha 1º de maio como data-base para o reajuste.

Até o momento, o governo estadual não apresentou à categoria uma contraproposta às reivindicações entregues à direção da Companhia em 30 de março. De acordo com o Sindiágua, que representa a categoria, a paralisação também repudia o “desrespeito e a morosidade das negociações”.

 Em 10 de março, os trabalhadores aprovaram a conversão do encontro em assembleia geral permanente, o que, na prática, permite que a direção do Sindiágua e o Conselho de Representantes da Corsan deflagrem greve geral sem a necessidade de reunir os servidores mais uma vez. A medida fica em vigor até que as partes cheguem a um acordo.

De acordo com Paulo Tiggemann, gerente da unidade da Corsan de Frederico Westphalen, uma reunião deve ser realizada na tarde desta segunda-feira, 14, para definir se os funcionários irão aderir a mobilização ou não. 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]