Feita em Esteio maior apreensão de ecstasy da história do RS

A Polícia Civil apreendeu 2,3 mil comprimidos de ecstasy em operação na madrugada desta quinta-feira (30) em Esteio, Rio Grande do Sul. A quantia é considerada recorde pelo delegado Mario Souza, da 1ª Delegacia do Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc). Segundo ele, é a maior apreensão da droga da história do Denarc no estado.

De acordo com a Polícia Civil, a ação é resultado de sete meses de investigação. Conforme o delegado Mario Souza, entre os presos está o traficante que seria chefe da quadrilha. O homem de 28 anos é gaúcho e mora em Florianópolis (SC). O comparsa dele, considerado o “braço direito”, de 28 anos, também foi detido.

“Nós identificamos essa rota do ecstasy no Rio Grande do Sul e começamos a investigar.  As ações vem acontecendo no último mês e finamente conseguimos colocar as mãos no “cabeça” da organização criminosa”, afirma ao G1 o delegado.

A suspeita é que o entorpecente era produzido na capital catarinense. A droga abastecia festas eletrônicas da capital e de cidades da Região Metropolitana e Serra gaúcha. “Tenho certeza que essa ação cortou parte do consumo de droga no nosso estado”, ressalta Souza.

Desde o início do mês, a Polícia Civil trabalha em uma grande ofensiva contra o tráfico de drogas sintéticas no estado. Nas últimas semanas, foram apreendidos quase 4 mil unidades de ecstasy.  “É uma droga consumida em um ambiente específico, por pessoas de alta classe econômica. Uma droga de alto risco”, conclui.

G1 RS

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]