Estudantes da UFSM injetam mais de 8 milhões por ano na economia de FW

Um estudo realizado pela Universidade Federal de Santa Maria revelou que os estudantes do campus de Frederico Westphalen injetam anualmente R$ 8.354.304,489 na economia do município. Intitulado “Desenvolvimento Econômico Local E Regional: Estudo do Valor Agregado Pelos Alunos do Campus da UFSM”, o trabalho coletou  dados por meio de pesquisa formulada com questões que abrangem gastos com alimentação, aluguel, material escolar, material de limpeza, higiene pessoal, vestuário, lazer e saúde.

Os resultados demonstram que o gasto médio mensal dos estudantes de graduação da UFSM, oriundos de outros municípios e residentes na cidade de FW é de R$ 1. 147,00 por aluno. O estudo também identificou que o gasto médio mensal dos alunos que residem na Casa do Estudante Universitário (CEU) é de R$381,82. Somados, os residentes da cidade e da CEU, adicionam mensalmente mais de 600 mil reais na economia.

No primeiro semestre de 2019, 1042 alunos estavam matriculados nos cursos de graduação do campus da UFSM-FW. Com a coleta de 277 instrumentos, a pesquisa apresenta inferência estatística em relação à população. O erro amostral se constituiu em 4,77%, com nível de confiança de 95%, em relação aos 806 alunos que são oriundos de outros municípios que residem em FW.

A pesquisa foi coordenada pelo professor Lorimar Francisco Munaretto e pelas acadêmicas Djeniffer Granella Dutell e Andrieli Telles de Oliveira.

SETOR IMOBILIÁRIO É O MAIS BENEFICIADO

De acordo com os resultados do estudo, os alunos do campus da UFSM, que passaram a residir no município de FW, são oriundos de municípios de 20 Estados do Brasil além de uma aluna Colombiana e um aluno do Peru. Para os estudantes residentes na cidade, o maior gasto mensal é com aluguel.

Os gastos com despesas de estadia referem-se ao desembolso do valor de aluguéis de apartamentos, casas, pensões, etc. Os resultados da pesquisa indicam que a maior faixa de gastos está entre  200  à 400 reais por mês por aluno. Dos 236 alunos pesquisados, 28,81% (68 alunos) gastam de 200 à  300 reais, e  54,24% (128 alunos) gastam de 300 até 400,00.

Para o coordenador da pesquisa, o professor Lorimar Munaretto, o ” objetivo do estudo foi demonstrar o montante de recursos econômicos adicionados na economia local e regional, por meio da vinda de estudantes oriundos de outros municípios, que passaram a residir na cidade de FW, e como a UFSM está proporcionando uma maior dinamização da economia local, influenciando assim na circulação do capital, crescimento do mercado imobiliário e comercial, geração de novos empregos”.

Confira o estudo completo

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]